(Fonte da imagem: iStock)

O investimento na banda larga nacional tem sido uma grande preocupação do governo. Tanto que, na tentativa de incentivar as empresas de telecomunicação, Paulo Bernardes, o ministro de telecomunicações do Brasil, anunciou que elas terão uma desoneração de impostos de nada menos que 6 bilhões até 2016.

Com essa ação, Bernardo espera que as companhias invistam em troca, 18 bilhões nos próximos três anos, criando projetos para melhorar a infraestrutura de nossa rede. Além disso, a diminuição nos impostos não vai vir “de graça”: para isso, eles terão que cumprir uma série de obrigações, divulgadas no Diário Oficial da União de hoje (13/03), e devem apresentar seus planos para aprovação até o dia 30 de junho, segundo o Época Negócios.

Mas o melhor de tudo é que, para terem a desoneração, todas as empresas precisam ter projetos que terminem até 2016. Isso significa que, caso aprovadas, devemos ter um crescimento acelerado na infraestrutura de nossa banda larga, junto de uma maior competitividade no mercado – em resumo, quem vai sair ganhando somos nós.

Cupons de desconto TecMundo: