Quer ver um acidente de avião sem ficar com peso na consciência? Basta assistir ao vídeo do teste que a NASA fez ontem (26) para estudar o funcionamento de transmissores de emergência em aeronaves. Nessa avaliação, a terceira já realizada pela agência espacial americana, engenheiros derrubaram um pequeno avião, um Cessna 172, de uma altura de 30 metros. Nos dois primeiros testes, o mesmo modelo de aeronave foi derrubado de uma altura de 25 metros com o bico direto no concreto e de 100 metros de bico na terra.

O objetivo do estudo é testar sistemas de emergência que podem fazer uma enorme diferença na busca de destroços ou sobreviventes de um acidente aéreo. Os ELTs (Emergency Locator Transmitters, em português “transmissores localizadores de emergência”) são dispositivos que devem tolerar todo tipo de dano – fogo, vibração excessiva e até a queda – para serem capazes de emitir um sinal para satélites que vão revelar a localização de uma aeronave.

A pesquisa em si vai levar das alturas para o chão um avião com cinco ELTs, dois manequins de teste de colisão, câmeras e sensores que vão avaliar os danos causados na aeronave na hora da queda. Tudo isso vai ser analisado para que a NASA encontre meios de melhorar esses sistemas de emergência e dar mais segurança para os passageiros.

Você acha que os testes da NASA podem ajudar a aumentar a segurança de voos comerciais? Comente no Fórum do TecMundo