No último domingo (24), Eduardo Caram fez um voo do Rio de Janeiro até São Paulo em um Airbus A320 da TAM. Antes de decolar, no entanto, o passageiro tomou um baita susto, já que o protetor da janela da aeronave se soltou quando ele tentou fixar sua câmera GoPro no vidro para filmar a decolagem.

Assustado, o cliente chamou um comissário para relatar o problema, mas os funcionários não deram muita importância e explicaram que o revestimento interno não causaria nenhum problema de segurança e que podia ser colocado de volta no lugar, mesmo que solto.

O vídeo publicado por Eduarno no YouTube já conseguiu mais de 50 mil visualizações e acabou chamando bastante a atenção. Procurada pela Globo, a TAM emitiu uma nota esclarecendo o incidente. Segundo a companhia, o revestimento da janela era apenas uma proteção e não representou nenhum perigo para o avião, que executou seu percurso e pousou pontualmente.

“A empresa esclarece que as janelas das aeronaves são compostas de duas camadas: a externa, que fica em contato com a fuselagem do avião, é composta por um acrílico espesso e preso por vários parafusos. A interna, por sua vez, é de acrílico mais fino e serve como revestimento estético e para cortina do avião. A TAM reitera que a segurança é um valor imprescindível e que todas as suas decisões visam garantir uma operação segura”, explicou a TAM.

Via EmResumo.