Fonte da imagem: US Patent and Trademark Office

Uma nova patente publicada nesta semana, nos Estados Unidos, traz uma boa notícia para aqueles que têm medo de voar. A Boeing desenvolveu um equipamento que detecta áreas de turbulência e envia uma mensagem de alerta para o piloto do avião, assim ele pode evitar as regiões críticas.

Clear Air Turbulence (CAT) é o nome atribuído ao movimento das massas de ar que causam a famosa turbulência nos aviões quando eles estão em altitudes elevadas. Elas se movimentam de forma aleatória e constante, o que dificulta a previsão de onde estarão. Além disso, devido às grandes partículas de água contidas nelas, estas massas de ar não são detectadas pelo radar de clima.

A tecnologia criada pela empresa norte-americana criou uma nova forma de enxergar o problema. Por meio de uma câmera, localizada na parte frontal da aeronave, fotografias são tiradas e comparadas a todo o tempo, possibilitando a percepção de áreas turbulentas quando estiverem próximas.

Porém, nem todos os detalhes sobre esta tecnologia foram divulgados. Ainda é desconhecida a forma como este equipamento funciona à noite, ou durante o tempo nublado, já que ele depende da claridade para capturar as imagens. Especula-se que seja utilizada algo como a radiação infravermelha, já que ela destaca áreas de acordo com a temperatura do objeto. Entretanto, nada foi confirmado até o momento.