Praticamente todo tipo de máquina voadora deixa seus tripulantes um tanto incomodados com o barulho dos motores e turbinas. Em longas viagens, isso pode gerar grande desconforto. Tendo isso em vista, pesquisadores da Universidade Estadual da Carolina do Norte, nos EUA, e do MIT, desenvolveram um material que pode praticamente acabar com o barulho nas cabines.

Trata-se de uma membrana de borracha que envolveria toda a estrutura da cabine do avião prevenindo que sons irritantes atravessem a estrutura de colmeia, da qual a maioria dos aviões é feita atualmente. A membra adicionaria apenas 6% a mais de peso nessa estrutura em particular, mas poderia tornar o interior das aeronaves de 100 a 1.000 vezes mais silencioso.

De acordo com os pesquisadores, o material é especialmente eficiente contra barulhos de baixa frequência, de 500 Hertz para baixo. “A membrana é relativamente barata para se produzir e pode ser feita de qualquer material que não impacte na integridade estrutural do painel em forma de colmeia. Ela tornaria o voo muito mais agradável para os passageiros, especialmente em helicópteros”, disse Ni Sui, um estudante de Ph.D. ao veículo oficial da universidade estadual.

Ainda não há expectativas de quando as primeiras aeronaves comerciais passariam a utilizar um material como esse em suas cabines, mas é possível que companhias aéreas não estejam muito dispostas a comprar aviões como esses, já que cada quilo a mais na estrutura representa um gasto maior de combustível para o voo. Você pode conferir a pesquisa completa aqui.