O bombardeiro B-2 Spirit, dos Estados Unidos, é uma das aeronaves mais avançadas do mundo e tem como principal característica a sua habilidade de se manter invisível nos radares inimigos. Contudo, essa habilidade tem um preço e exige superfícies com ângulos bem específicos – o que acaba deixando a nave com um visual bastante incomum.

Apesar de ser um bombardeiro de longo alcance, o B-2 pode ser abastecido em pleno voo e comprometer a sua invisibilidade por poucos minutos, já que o compartimento que recebe o combustível gira 180° após o abastecimento e devolve à cabine superior a sua consistência completamente lisa capaz de refletir as ondas dos radares inimigos.

No vídeo acima, você confere um voo de teste em que um B-2 recebe combustível de outra aeronave. A partir do minuto 0:55, é possível ver o momento exato em que o avião se desconecta da mangueira e fecha o compartimento.