Às vezes, não tem nada melhor do que mostrar o seu carro novo para os amigos, seja levando a galera para dar uma volta ou passando na casa de algum colega só para dar uma buzinadinha de dentro do possante. Agora, imagine que, em vez de ser motorista de carros comuns, você fosse um piloto de jatos ultravelozes. Qual seria a sua tática para chamar atenção? A resposta é clara: dar um rasante em um porta-aviões ao mesmo tempo que quebra a barreira do som.

Pelo menos é a afirmativa correta se você for a pessoa guiando o F/A-18C Hornet no vídeo do início da postagem. O caça em questão nem é tão novo, sendo produzido desde os anos 1980, mas o efeito supersônico que ele faz ao passar tão perto da embarcação – e o som característico da pressão que ele exerce quando corta o ar – é de cair o queixo.

Chega até a ser engraçado que, em uma filmagem de menos de 30 segundos, o tempo de espera pelo avião pareça ser eterno, já que não há nem rastro dele no horizonte. Porém, assim que ele passa rasgando o céu na frente do público empolgado para ver a manobra, faz com que tenha valido a pena aguardar.

Mesmo com a cena espetacular e o som da explosão do ar, um dos militares que aparece por volta dos 20 segundos de vídeo não aparenta ter se surpreendido muito. Provavelmente já viu muitos voos assim ou é um piloto que está esperando pacientemente sua vez de sentar no cockpit do F/A-18C – apesar de que em ambos os casos eu ainda estaria bastante agitado.