Segundo a legislação vigente até hoje, os passageiros de um voo comercial precisam desligar os seus aparelhos eletrônicos, como celulares, tablets e notebooks, durante os pousos e decolagens.

Contudo, conforme as novas regras divulgadas pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) nesta quinta-feira (30), as empresas podem permitir que os passageiros utilizem seus gadgets durante todas as fases dos voos.

A resolução atinge qualquer tipo de aparelho eletrônico, sempre e quando este se encontrar no “modo avião”. Ou seja, transmissores WiFi, Bluetooth ou de qualquer outro tipo devem permanecer desligados o tempo todo.

As novas possibilidades, no entanto, não valem de maneira imediata. As companhias aéreas que quiserem oferecer mais conforto aos seus clientes devem solicitar à Anac a liberação dos equipamentos e garantir que eles não causem nenhum tipo de interferência nos sistemas das aeronaves.