Se esta notícia é a cara da China ou não, cabe a cada um julgar, mas o fato é que o país está construindo o maior hidroavião do mundo. Conheça “Dragon” 600, o monstro que deve substituir funcionalmente o modelo acima, o Shin Maywa US-2, que já dá um gostinho do que é um jumbo aquático – o novo hidroavião deve ser consideravelmente maior do que isso aí.

Construído pela CAIGA (sigla para “China Aviation Industry General Aircraft”), o Dragon 600 é uma aeronave que deve pesar estimadas 53,5 toneladas e tem um alcance de altitude operacional que beira os 5 mil quilômetros, características que tornam o hidroavião ideal para operações emergenciais – incluindo resgate e empreitadas humanitárias – em que decolagens e pousos rasos são exigidos.

Pousando em áreas remotas

As capacidades do Dragon 600 permitem que o hidroavião pouse em áreas remotas em que lagos e outras superfícies d’água estejam ao alcance. Conforme mencionado, a aeronave foi concebida para situações emergenciais que se encaixem nessas condições.

O hidroavião ainda está em desenvolvimento, embora a CAIGA esteja confiante de que o modelo ficará pronto para testes iniciais no final de 2015. Se o Dragon 600 for aprovado nos testes, ele deve começar a ser efetivamente utilizado imediatamente depois, tomando o posto atualmente ocupado pelo Shin Maywa US-2, que ainda detém o título de maior hidroavião do mundo. Ainda.