A Airbus apresentou recentemente a aeronave elétrica E-Fan 2.0 durante a Feira de Aviões de Farnborough, na Inglaterra. O evento de aviação ocorreu durante a última semana e se encerrou nesse domingo (20).

O avião E-Fan 2.0 é a segunda geração de aviões elétricos experimentais da Airbus e pode carregar até duas pessoas. Ele conta com autonomia de voo de 1 hora (com 15 minutos de reserva, se for necessário) e foi pensando para o treinamento de pilotos. Além disso, ele pesa 500 quilos e conta com dois motores elétricos que têm potência total de 60 Kw, sendo carregado com uma bateria de lítio-polímero de 120 células.

No chão, o E-Fan 2.0 parece um avião comum, apesar de ser pequeno e possuir um formato peculiar. No ar, no entanto, ele é algo completamente diferente por causa da ausência de barulho. Durante a decolagem, a aeronave acelera até 60 km/h antes que os motores sejam desligados, economizando a energia e reduzindo o ruído.

Silencioso ao extremo

Por possuir turbinas vazadas, o avião E-Fan 2.0 da AirBus produz menos barulho enquanto voa. Além disso, segundo a empresa, a tecnologia é importante para que as aeronaves voem em horários nos quais as convencionais não podem circular — algo que geraria lucro para as escolas de pilotagem. A Airbus espera trazê-lo para o mercado em 2017.

A opção pelo motor elétrico reduz a emissão de gases responsáveis pelo efeito estufa por parte dos aviões. Segundo a Airbus, uma versão do modelo com capacidade para até quatro pessoas e batizada de E-Fan 4.0 já está sendo desenvolvida pela empresa. A Airbus também está explorando aviões híbridos, nos quais os motores que queimam combustíveis serviriam para carregar as baterias que alimentam os motores elétricos.