De seus projetos originais até os modelos mais atuais, é preciso admitir que os aviões tiveram uma evolução incrível. Um dos principais saltos tecnológicos que levaram esses veículos ao que são hoje certamente foi a chegada das turbinas: em comparação às hélices, estas são absurdamente mais poderosas, permitindo não só o desenvolvimento de aviões mais rápidos, como também maiores e mais eficientes.

Se fôssemos apostar no sucesso das turbinas pelo design do primeiro veículo a utilizar esse tipo de tecnologia, no entanto, é provável que ainda estivéssemos viajando em aviões movidos à hélice. Como você pode ver no vídeo no início da matéria, a aparência desse avião, projetado por Luigi Stipa e construído por Gianni Caproni em 1932, mais parece um brinquedo que jamais poderia levantar voo.

Sua fuselagem em forma de barril não é apenas um gosto estético estranho. O veículo utiliza o mesmo princípio básico das turbinas atuais (embora de maneira muito mais rústica), combinando o empuxo gerado por uma hélice com uma estrutura tubular para ganhar potência extra. O resultado foi um avião capaz de voar com extrema eficiência.

Embora seja pouco conhecido pelo público, este veículo acabou servindo como inspiração para o desenvolvimento das turbinas. Vamos apenas torcer para que não resolvam usar esse design para os aviões que saírem no futuro...