Uma empresa brasileira chamada XMOBOTS conseguiu a autorização da Anac para colocar o seu primeiro Drone automático em operação no Brasil. Trata-se do Echar 20A, que permite voos de até 70 minutos e garante que os controladores fiquem a até 10 quilômetros de distância sem qualquer perda no sinal de comando. Ele é automático, pois não depende de comandos durante todo o tempo.

Os controladores só precisam ordenar pousos, decolagens e outras ações com rápidos comandos — não precisando de controle individual para cada ação que for desempenhada. A decolagem é feita por meio de catapultas e o pouso é realizado com o auxílio de paraquedas para evitar que a chegada ao solo ocorra com muita velocidade. Tudo isso deve garantir melhores resultados na captura de imagens de regiões rurais, por exemplo.

A XMOBOTS lembra que os drones Echar 20A devem ser usados apenas longes das cidades por questões de segurança — mesmo atingindo até 3.000 metros de altitude em alguns momentos. Cada unidade do aparelho é vendida por R$ 150 mil, podendo haver financiamento por parte do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Assim que ele estiver em operação comercial, será o quinto Drone oficialmente circulando nos céus brasileiros. Apesar desse número baixo de aparelhos autorizados pela Anac, especula-se que mais de 200 aeronaves não tripuladas façam parte do cenário brasileiro — sendo elas utilizadas principalmente para a fiscalização de grandes áreas rurais.