(Fonte da imagem: Thinkstock)

Aquele medo de usar aparelhos eletrônicos no avião está cada vez menor: depois das companhias aéreas norte-americanas, autorizadas pela Administração Federal de Aviação (FAA), agora é a vez da British Airways permitir o uso de gadgets variados durante as viagens ao redor da Europa, mesmo durante pousos e decolagens.

Claro que isso não significa que tudo está liberado: chamadas e mensagens de texto estão banidas e a recomendação do piloto é que você coloque o aparelho no chamado "Modo Avião". Estranhamente e sem maiores explicações, parece que a mudança não inclui laptops em geral, valendo para eReaders (tablets e leitores no geral) e smartphones. Há apenas uma exceção que permite ligações e internet: voos de negócios entre Inglaterra e Nova York.

A novidade traria aos passageiros "cerca de 30 minutos a mais de tempo de tela (...) para assistir, trabalhar ou ler". Outras companhias da Europa devem adotar a mesma recomendação em breve.