Depois de anos de pesquisas e testes, a Lockheed Martin finalmente mostrou — na prática e sem ressalvas — o sistema de decolagens e pousos verticais presente nos novos aviões de caça F-35B Lightning II. Como você pode ver no vídeo, tudo é baseado em turbinas móveis, que podem ficar completamente verticais na parte inferior do avião e geram força suficiente para realizar os processos desejados.

Você pode até pensar que já viu vídeos dele em funcionamento, mas é preciso notar algumas diferenças. Anteriormente, a Lockheed Martin mostrou uma série de testes em que o F-35B Lightning II conseguia decolar após curtíssimas distâncias de solo. Agora, não é necessário percorrer metro algum, pois todas as aterrissagens ou decolagens são feitas na vertical.

Esse sistema se chamaa VTOL (Vertical Takeoff/Landing) e pode ser muito importante para que os pilotos consigam realizar suas manobras em curtos espaços e locais menos suscetíveis às atividades — não demandando uma pista especial para que tudo seja realizado. Ainda não há previsão para o início da utilização dos F-35B Lightning II pelas Forças Armadas dos Estados Unidos.