Boeing KC-46A poderá reabastecer até duas aeronaves simultaneamente (Fonte da imagem: Divulgação/U.S. Air Force)

Após utilizar o modelo KC-135 Stratotanker como sua única aeronave de reabastecimento aéreo por mais de 60 anos, a USAF (United States Air Force, ou Força Aérea dos Estados Unidos) finalmente receberá uma atualização em sua frota de suporte com a chegada do Boeing KC-46A.

Sendo derivado do avião comercial Boeing 767-200, o KC-46A foi o projeto vencedor de um programa militar batizado como KC-X, organizado exclusivamente para encontrar um novo modelo de aeronave que se tornará o petroleiro aéreo padrão das forças armadas norte-americanas.

Além de ser o empreendimento com melhor custo-benefício para o governo dos Estados Unidos, a proposta da Boeing também impressionou pela capacidade de se manter no ar por muito mais tempo do que a de outros participantes do programa.

Modelo 3D do KC-46A (Fonte da imagem: Divulgação/U.S. Air Force)

Equipado com um par de motores Pratt & Whitney 4062 e com capacidade para reabastecer duas aeronaves simultaneamente, o KC-46A suporta 58 passageiros em operações normais e até 114 em operações de contingência (sendo que são necessários três pilotos para o manejamento básico).

Com um investimento inicial de US$ 3,5 bilhões, a estimativa é que 18 aviões já estejam em condições de voo até agosto de 2018, com os 161 restantes sendo entregues até 2028.