Para garantir que o sinal de Wi-Fi dentro de um avião funcione de forma adequada e, principalmente, não cause problemas aos sistemas de navegação da aeronave, os fabricantes precisam executar testes meticulosos.

A Boeing, uma das maiores fabricantes de aviões do mundo, utiliza uma técnica curiosa: batatas. Os engenheiros da empresa encheram uma aeronave com mais de nove toneladas de batatas para simular o efeito que os corpos humanos produzem quando encontram as ondas de rádio.

Dessa maneira, é possível calcular exatamente como as ondas se propagam, assim como posicionar de forma mais eficiente os equipamentos e melhorar o sistema como um todo. O método escolhido pela empresa diminuiu o tempo dos testes de duas semanas para apenas algumas horas.

A empresa conta no vídeo como é difícil otimizar o sinal de Wi-Fi dentro de um avião e como até mesmo os encostos das poltronas podem interferir na qualidade do sinal.