Arte conceitual do novo jato supersônico (Fonte da imagem: Reprodução/Daily Mail)
Ao que tudo indica, o próximo passo na história dos jatos supersônicos será atingir uma velocidade de voo de quase 4 mil km/h — e tal façanha poderá não estar tão distante da nossa realidade.

Segundo o Daily Mail, as companhias Boeing, Lockheed Martin e Gulfstream — em parceria com a NASA — estão liderando o caminho para a construção de um avião de passageiros de alta velocidade.

A potência deste novo tipo de jato impressiona quando comparada à dos aviões comerciais normais: uma viagem convencional de Londres a Sydney demoraria em torno de 20 horas. Com o jato supersônico, tal trajeto seria feito em apenas quatro horas e com o dobro de velocidade do antigo Concorde, que foi desativado depois da tragédia na França.

Para atingir esse objetivo, as empresas construtoras do protótipo estão apostando em materiais mais leves, motores mais avançados e fuselagens menores. A expectativa agora está na revelação de todos os planos para o jato supersônico que serão apresentados ao público no próximo mês.

Fonte: Daily Mail