(Fonte da imagem: Reprodução/Aviation Week)

Caso todas as ideias desenvolvidas pelas empresas de aviação se tornassem realidade, o espaço aéreo do mundo seria muito mais interessante. Prova disso é a patente registrada em 2008 pela Airbus no Escritório de Patentes e Marcas Registradas dos Estados Unidos.

A empresa imaginou uma nova aeronave com fuselagem dupla capaz de carregar uma quantidade superior de passageiros em relação aos modelos tradicionais. O veículo usaria a propulsão a turboélice para economizar combustível, além de uma configuração de asas que diminuiria o peso da estrutura do resultado final.

Segundo a empresa, a opção de usar duas cabines de passageiros serviria como uma forma de reduzir o movimento de flexão das asas durante o voo. Com isso, seria possível reduzir o suporte estrutural delas, o que diminuiria o peso das aeronaves — fator que influenciaria diretamente em seu consumo de recursos.

Fonte: Aviation Week