(Fonte da imagem: Reprodução/Flight Global)

Em 2001, a Boeing havia anunciado que estava projetando um novo avião supersônico. Infelizmente, o desenvolvimento do veículo foi cancelado pouco tempo depois, em favor de colocar o 787 no mercado. Ou isso era o que todos pensavam até agora.

O fato é que, segundo o blog Flight Global, a empresa fez uma nova aplicação de patente, no dia 19 de abril, que mostrou uma nova versão do avião; agora, com algumas diferenças e melhorias em seu design.

A maior delas está na parte da propulsão: no lugar de ter motores acoplados às asas, o novo conceito usaria duas turbinas na parte superior da fuselagem. Os exaustores do avião também passariam por mudanças, diminuindo em muito o barulho gerado pelo deslocamento do veículo.

Por mais interessante que a ideia do avião da Boeing possa parecer, é bom lembrar que, por mais que a patente do projeto exista, podem demorar anos para vermos o veículo voando pelos céus; isso se ele sair do papel.

Fonte: Flight Global