Segundo o jornal Daily Mail, uma equipe de engenheiros da Universidade de Lincoln, no Reino Unido, descobriu que a energia produzida pelo sistema de frenagem de um avião durante o pouso poderia ser capturada e convertida em eletricidade por geradores adaptados no trem de pouso. Atualmente, essa energia é desperdiçada na forma de calor – produzido pela fricção dos freios da aeronave.

Com essa tecnologia, os aviões poderiam armazenar a energia gerada em seu pouso e enviá-la para um motor auxiliar, que seria utilizado apenas enquanto a aeronave segue para a plataforma de desembarque ou garagem. Assim, os motores a jato poderiam ser desligados até o início do procedimento de decolagem, economizando combustível, reduzindo o ruído nos aeroportos e eliminando menos poluentes na atmosfera.