Aconteceu nos dias 17 e 18 de setembro a convenção anual da associação da Força Aérea americana. E no evento foram revelados alguns modelos de aeronaves que representam o futuro da aviação de guerra americana. A Boeing e a Norhrop Grumman apresentaram conceitos para substituir a atual geração de bombardeiros, aviões de caça e de treinamento para Força Aérea e Marinha dos EUA.

Conceito do modelo F-X, da Boeing (Fonte da imagem: The DEW Line)

Segundo o blog especializado The DEW Line, ninguém dos órgãos de defesa dos Estados Unidos fala publicamente em substituir o relativamente jovem F-22A Raptor, da Lockheed Martin ainda. 

Também, não há qualquer compromisso público por parte das lideranças da Força Aérea americana para substituir imediatamente o envelhecido T-38C Talon, da Northrop. Mas esses fatos não impediram que as empresas exibissem novos conceitos na convenção.

A Boeing apresentou um conceito do seu caça F-X. O modelo, um avião a jato movido por dois motores, é um caça de superioridade aérea (destinado a entrar e tomar o controle do espaço aéreo inimigo) que não possui cauda. Perto, no estande do Northrop Grumman, uma imagem foi revelada de um conceito candidato a substituir o atual F-22. 

Novo conceito da Northrop (Fonte da imagem: The DEW Line)

Além do F-X, a Boeing revelou um conceito totalmente novo de avião para treinamentos. 

Boeing revela novo modelo para treinamentos (Fonte da imagem: The DEW Line)

E por fim, aqui está uma imagem que mostra um conceito de bombardeiro de alta velocidade da Northrop. 

Bombardeiro de alta velocidade da Northrop (Fonte da imagem: The DEW Line)

Ainda não existem maiores detalhes sobre os modelos, pelo fato de ainda serem conceitos.