Não deve ser surpresa para ninguém saber que, em voos especialmente longos, comissários de bordo e até mesmo pilotos precisam descansar, revezando turnos para recuperar as energias enquanto outros atendem os passageiros. Mas você já parou para pensar onde eles fazem isso? Pois é. Muitos não sabem, mas a maioria dos aviões conta com áreas feitas especialmente para alojar seus funcionários, com direito a camas e outros confortos.

As áreas, vale notar, podem mudar drasticamente de acordo com o veículo e a empresa para os quais eles foram fabricados. As diferenças são tantas, de fato, que o Business Insider trouxe várias imagens que mostram em detalhes como são esses alojamentos “secretos”. Continue lendo para saber mais.

Para começar, respondemos a pergunta mais importante: onde ficam esses alojamentos? Novamente, isso varia de um avião para outro, mas a maioria deles está logo acima dos passageiros. É o caso, por exemplo, dessa área de descanso dos pilotos de um Boeing 777, que fica logo acima da primeira classe.

O acesso a essas áreas, por sua vez, é feito através de portas, normalmente localizadas perto da cabine dos pilotos, com informações que incluem o número máximo de funcionários. Para abrí-las, normalmente é preciso ter uma chave ou código...

... Ou saber qual das escotilhas do bagageiro abrir, como é o caso dessa curiosa passagem usada em um Boeing 773 da American Airlines.

Seguindo para os dormitórios, pode-se dizer que eles são um pesadelo em potencial para os claustrofóbicos ou os gordinhos – afinal, o espaço entre o teto da área de passageiros e o teto da nave não é exatamente grande. Esse Boeing 787 Dreamliner, por exemplo, conta com oito lugares que estão longe de serem espaçosos.

Outro caso semelhante é o do Boeing 787 Dreamliner da Air Canada, cujos alojamentos são ainda mais simples e consistem, basicamente, em uma série de colchões que criam um pequeno espaço aberto para o descanso dos comissários.

Em compensação, um enorme Boeing 777 consegue comportar até dez camas com folga para os funcionários e ainda permitir que eles tenham espaço para seus pertences pessoais.

De maneira geral, todavia, cada alojamento dos aviões conta com comodidades como luzes de leituras, ganchos e espelhos. Alguns também têm outros confortos como cobertores, travesseiros e até pijamas à disposição, bem como sistemas de entretenimento, em alguns casos mais raros.

A presença de cortinas é outro item praticamente obrigatório nesses alojamentos, é claro, principalmente para abafar os sons vindos de fora e permitir ao funcionário um descanso confortável.

Nem pense que isso serve para dar mais privacidade para os comissários desfrutarem de outros confortos, aliás. Como a mensagem na imagem deixa bem claro: “Um Por Colchão”.

As acomodações são ainda mais impressionantes no caso dos alojamentos dos pilotos. Totalmente separados da área dos comissários, eles são bastante espaçosos e, além de camas, contam até mesmo com assentos reclináveis de classe executiva, bem como pias, um lavatório ou um closet. Tudo isso depende da linha aérea, é claro.

Obviamente, esses não são os únicos tipos de alojamentos existentes. Esse Airbus A380 da Malaysian Air, por exemplo, usa um sistema de beliches extremamente simples com três andares.

Para provar que uma companhia aérea pode realmente mudar tudo nos alojamentos dos funcionários, temos também o caso de outro A380, mas esse de uma empresa de Cingapura. Convenhamos que ir de uma simples cama para seu próprio quarto é uma diferença e tanto.

Outro dos casos mais interessantes são os Boeings 773 da American Airlines. Os alojamentos consistem em uma série de camas dispostas ao longo de um corredor comprido, que dão uma dose extra de privacidade para os comissários.

Não se deixe enganar pela aparência “espaçosa” dos alojamentos, entretanto. Apesar de ser maior do que outros dormitórios, em que é preciso praticamente engatinhar para se deslocar, essa área ainda é tão baixa que não há como andar de pé pelo corredor.

Para sair dali, por fim, é possível usar tanto as escadas quanto sair pela já mencionada escotilha de emergência disfarçada de bagageiro, cuja passagem é trancada por fora.

.....

É claro que tudo isso, no fim das contas, são apenas alguns dos exemplos dos alojamentos encontrados nas aeronaves de hoje. Até porque, considerando o número de modelos de aviões e companhias presentes atualmente, essa lista poderia facilmente ser dezenas de vezes maior.

Com isso, deixamos a pergunta para nossos leitores: que alojamentos diferentes você já viu de outros aviões? Compartilhem seus conhecimentos em nossos comentários.