Quando falamos em notebooks gamers, a Avell certamente é um dos nomes mais lembrados pelos jogadores. Não por acaso, já que seus aparelhos apresentam muitos recursos buscados pelo público e configurações de ponta.

Seguindo o plano de levar sempre o melhor aos consumidores, a fabricante agora atualiza sua linha de modelos mais completos com a série de chips gráficos GTX 900M e novas tecnologias que visam oferecer alta performance.

O Avell FullRange G1745 Fire é um laptop de 17 polegadas que promete entregar alto desempenho e todas as funcionalidades que os gamers buscam em um dispositivo robusto. Como de costume, nós usamos o aparelho por alguns dias para conferir todo seu potencial para games e tarefas do dia a dia. Será que este é laptop ideal para a jogatina?

Especificações

Design aprimorado

A Avell é uma das poucas fabricantes brasileiras de computadores que faz um trabalho exemplar em questão de design de produto. Nós já testamos muitos produtos da marca e podemos dizer isso com propriedade.

O FullRange G1745 Fire traz visual semelhante ao que vemos no restante da linha de produtos da Avell, o que é excelente, já que compactua com a identidade da marca. Além disso, o design do produto é parecido com o que vemos de outras marcas concorrentes, de modo que o consumidor não vai se decepcionar na questão de acabamento.

Com textura de aço escovado na tampa e em parte do interior, o material usado neste notebook garante resistência, durabilidade e ainda elegância. Ele não fica com marcas de impressões digitais e nem suja com facilidade. O único defeito na questão do design é a inserção do logo abaixo da tela, que é uma plaquinha de metal que destoa do restante do visual.

O teclado é completo e traz até as teclas numéricas, algo que é possível graças ao tamanho avantajado do produto. Com retroiluminação de LED, você pode aproveitar sua máquina até mesmo em ambientes escuros. Talvez, o único problema aqui seja o layout americano, que não traz teclas como a cedilha e tem alguns botões em posições diferentes.

Hardware robusto

Como você já deve saber, a configuração dos computadores da Avell pode ser personalizada pelo consumidor. O modelo que recebemos vem com um poderoso Intel Core i7-4720HQ, que opera com clock de 2,6 GHz.

Este processador é perfeito para jogos, já que oferece todo o suporte necessário para a placa de vídeo em situações que os títulos requerem muito desempenho do hardware. Entretanto, acreditamos que a marca já poderia disponibilizar a opção de equipar a máquina com um chip mais recente.

A máquina que nos testamos ainda veio com 16 GB de memória RAM de alto desempenho (da Kingston) e um SSD de 240 GB. Trata-se de uma combinação excelente para games, já que possibilita utilizar recursos avançados e abrir os games em pouco tempo. Obviamente, você ainda pode adicionar mais um disco, caso queira instalar mais games.

O destaque do G1745 Fire, no entanto, fica por conta do chip gráfico. O GeForce GTX 970M é realmente poderoso e encara qualquer parada. Até mesmo Grand Theft Auto V roda perfeitamente nesta máquina, mantendo desempenho acima dos 45 frames por segundo.

Um bocado pesado

É curioso notar que a fabricante investiu pesado no hardware, mas não parece ter se preocupado muito com a questão do peso do aparelho. Ano passado, nós analisamos o G1711 MAX, que tinha configuração semelhante (exceto pelo chip gráfico que era da série GTX 800M) e nós já havíamos relatado essa questão do peso.

Sinceramente, nós sabemos que notebooks gamers costumam ser pesados, mas esperávamos um pouco mais de leveza neste modelo da Avell, afinal, já estamos em 2015 e os modelos da fabricante não parecem ter diferenças nesse quesito, algo que pode ser impactante para o jogador que pretende levar a máquina para vários lugares.

Tela gigante de qualidade razoável

O display do G1745 Fire é algo que deve ser valorizado, já que oferece alta resolução e um tamanho consideravelmente ideal para os jogadores que apostam em notebooks gamers. A definição da tela é muito boa e dá pra aproveitar os principais games com boa qualidade neste display que tem retroiluminação de LED.

Apesar disso, não podemos dizer que a tela é um ponto forte do aparelho. O componente de imagem instalado neste computador distorce as cores com facilidade, tem nível de brilho razoável e não apresenta excelente equilíbrio no contraste.

Para jogadores que pretendem usar um monitor externo, tal ponto é irrelevante, mas aqueles que pretendem usar o display do notebook como tela principal, certamente este ponto deve ser levado em conta.

Sistema de som caprichado

Uma das melhores coisas dos notebooks da Avell é o sistema de áudio, que conta com tecnologia da Onkyo e entrega resultados excelentes. Além dos alto-falantes estéreo na parte frontal, esta máquina conta com um subwoofer na parte inferior, que serve para reforçar os graves.

Ficamos boquiabertos com a capacidade de reprodução sonora, que consegue equilibrar muito bem os graves, médios e agudos. Não bastasse isso, este Avell vem com conexão S/PDIF e saída para fones, o que é muito bom para os gamers.

Bateria na medida

Notebooks gamers geralmente trazem componentes energéticos que não propiciam longos períodos de jogatina. O Avell FullRange G1745 Fire não é tão diferente nesse ponto, se pensarmos que alguns consumidores gostariam de jogar por mais de 6 horas longe da tomada, mas ele se sai muito melhor do que outros produtos que já testamos.

Na verificação de “Entretenimento” do programa Powermark, este modelo da Avell alcançou a marca de 3 horas e 10 minutos, o que achamos muito bom considerando o chip gráfico de alto desempenho que consome muita energia. No dia a dia, este valor subiu para quase 4 horas contínuas de jogatina, algo que nos surpreendeu.

A bateria se sai ainda melhor nos testes rotineiros, sendo possível usar a máquina por 4 horas e 35 minutos para reprodução de vídeos (com WiFi ligado e nível de brilho da tela ajustado no intermediário). Este certamente é um ponto que deve ser levado em conta, já que é algo que pode ajudá-lo a ficar longe da tomada por mais tempo.

Benchmarks

3DMark

Heaven e Valley Benchmark

Jogos

Vale a pena?

O Avell FullRange G1745 Fire demonstrou estar apto para executar os principais jogos mais recentes com um nível de alta qualidade na resolução Full HD. Ele se saiu muito bem nos principais benchmakrs, algo que se deve ao chip gráfico de bom desempenho. Trata-se de uma máquina pronta a atender as necessidades dos gamers mais exigentes.

Apesar de apresentar bom desempenho, este modelo da Avell acaba tendo algumas qualidades comprometidas que podem ser muito requeridas por consumidores que investem um bom valor em um notebook. O hardware robusto acaba deixando o produto pesado, o que é um ponto negativo considerando que muitos consumidores querem um PC desse tipo justamente pela praticidade e possibilidade de transportá-lo de um lado para o outor.

Além disso, é preciso considerar que mesmo com um bom sistema de refrigeração, esta máquina esquenta um bocado e pode incomodar aos jogadores mais exigentes. Ele vem com três ventoinhas para evitar esse tipo de coisa, mas acaba sendo inevitável devido ao uso excessivo do chip gráfico.

No momento da realização desta análise, o modelo mais básico do G1745 Fire estava disponível a partir de R$ 6.569, valor que acreditamos estar um pouco elevado, considerando as qualidades do produto. A configuração que testamos, com Intel Core i7 e SSD de 240 GB, chega próximo dos R$ 7.200, o que já fica bem salgado para a maioria dos gamers.

Do ponto de vista de desempenho, acreditamos que vale a pena investir neste produto, mas o preço elevado pode ser um fator decisivo para muitos jogadores. É importante avaliar a questão com cuidado, já que para muitos um modelo mais simples pode ser suficiente e ainda amenizar o impacto no bolso.

Cupons de desconto TecMundo: