Um engenheiro de masterização espanhol chamado Xergio Córdoba criou com sua equipe um novo sistema de som que permite a você ouvir música superalta sem de fato aumentar o som. Isso é possível graças aos princípios da psicoacústica utilizados por Córdoba na criação dessa tecnologia. Basicamente, o cérebro é levado a entender o som de maneira mais alta e com mais qualidade sem que a quantidade de dBs suba.

O criador dessa novidade ainda não colocou seu sistema no mercado, mas já realizou diversos testes em clubes noturnos, residências e também ao ar livre. Em todas as situações, o som pôde ter a “percepção de volume” dobrada sem aumentar um dB sequer. Nesse caso, a qualidade do áudio não sofre qualquer deterioração. Somente se a percepção for triplicada é que a qualidade começa a cair de fato.

Um problema para solucionar 

Essa novidade é muito interessante para casas noturnas que têm problemas com regulamentação de som em áreas residenciais. A maior parte das grandes metrópoles limita determinada quantidade de dBs para esses estabelecimentos, mas isso nem sempre é o suficiente para interiores com muitas paredes e obstáculos do tipo. Por isso, Córdoba pensou nessa novidade.

Além do mais, a tecnologia baseada na psicoacústica também evita que o público desses lugares sofra com danos ao aparelho auditivo. Como não é necessário aumentar o som de fato para oferecer uma boa percepção a quem está no ambiente, muitos problemas podem ser evitados.

Córdoba conseguiu uma patente para sua tecnologia, mas ainda não está pronto para lançar nada disso no mercado. Ele também não revelou uma expectativa de data para isso.