A transportadora acaba de entregar a sua televisão de 32 polegadas LCD e o home theater que você comprou pela internet já faz alguns dias. Ao atender o interfone, o porteiro informa que os rapazes estão subindo e precisam que você assine os papéis da entrega. Depois de resolver tudo e tentar encaixar as duas caixas gigantescas no seu elevador, é hora de tirar seus brinquedinhos novos da caixa e instalá-los. Agora eles já fazem parte da sua incrível coleção de eletrônicos formada pelo notebook, netbook, DVD, câmera digital, mp3 player, smartphone e uma série de outros aparelhos dos mais variados usos.

Com tantos dispositivos em casa, é de se pensar que algum dia eles poderiam convergir em uma rede superinterativa de aparelhos, não é? Isso já não é mais uma possibilidade tão remota. Graças a pesquisas de cientistas norte-americanos, a tecnologia do DLNA – ou seja, Digital Living Network Alliance – já é algo bastante plausível para fazer com que o mundo conheça uma nova forma de interação e compatibilidade entre dispositivos eletrônicos. Um exemplo bastante claro dessas possibilidades está na utilização da rede wireless da sua casa ou escritório para fazer com que tudo “converse”.

Sua vida interligada

Imagine a seguinte situação: você tem uma coleção de vídeos das suas viagens no seu computador e quer exibi-los na televisão novinha em folha que foi comprada há pouco. Em qualquer outra ocasião em que não houvesse o DLNA você teria as seguintes opções: levar o seu gabinete até a sala de estar e conectar a televisão direto na placa de vídeo ou gravar DVDs e reproduzi-los no seu aparelho. Com a tecnologia da compatibilidade entre os dispositivos, você irá acessar o seu computador pela rede sem fio a partir da televisão e escolher o vídeo que quer assistir.

A rede sem fio transmite seus dados!

A mesma coisa funcionaria para as fotografias na sua câmera, as músicas no seu mp3 player e outros recursos audiovisuais contidos nesses aparelhos. Agora já imaginou transferir aquelas fotos que foram tiradas no seu celular no caminho de volta para casa? Você não precisa mais ter um cabo ou então aparelhos que suportem o Bluetooth para fazer essa transferência. Os celulares compatíveis com o “Viver Digital” já podem enviar as suas fotos direto para a impressora, sem precisar de cerimônias.

 

O grande atrativo dessa rede sem fio de aparelhos digitais é a multiplicidade de coisas que se pode fazer com tudo isso. Ao pensar no futuro, uma das primeiras empresas a integrar seus produtos com esta nova tecnologia foi a Sony, que já vem integrando esta tecnologia nos seus eletrônicos. como o Playstation 3, PSP Go! e a linha de televisores Bravia. E mais de 200 outras empresas já estão em fase de implantação e distribuição de produtos com estas características de superconectividade. Até agora, grandes marcas como a Nokia, Cisco, Panasonic, Phillips, Intel, Samsung, Toshiba, LG e a própria Microsoft já aderiram à “Vida Digital”.

O que está lá, está aqui também!

Um exemplo bastante claro desta integração toda já acontece com quem possui um Playstation 3 conectado à rede wireless. Ao iniciar o vídeo game e fazer o login, experimente correr o menu até as opções de mídia. O seu PS3 irá detectar “servidores” de vídeo, fotos e músicas, caso existam vários computadores conectados à rede sem fio e que tenham esses potenciais de várias mídias. Ao selecionar um deles, você tem acesso às pastas em que estes arquivos estão. Basta escolher quais deles você quer executar. Isso permite que você assista aos seus vídeos favoritos direto no seu Playstation sem precisar inserir qualquer tipo de disco no drive do vídeo game.

Este é a logomarca que você deverá reconhecer nos produtos compatíveis com a DLNA!

Este é apenas um dos exemplos da conectividade extrema que se observa nestes meios de compartilhamento de informações entre aparelhos. Entretanto, é preciso possuir um produto com a certificação DLNA para ter a segurança de comprar um aparelho de qualidade e que não vai deixá-lo a ver navios. Por isso, as maiores e melhores empresas de eletrônicos do mudo aderiram ao novo padrão de conexão entre os seus produtos - de maneira que o consumidor acaba sendo o principal beneficiado.

As certificações não param de crescer!

O Playstation 3 é um dos dispositivos compatíveis com a DLNA!Até agora já foram registrados mais de 5.000 modelos de aparelhos eletrônicos com a certificação do DLNA. Ou seja, a produção e a aderência a este novo modelo já estão tão presente nas fábricas que logo as prateleiras estarão tomadas de aparelhos superconectados para vender. Assim, a vida digital interligada a tudo ganha proporções ainda maiores do que seus mentores poderiam ter planejado.

Esse tipo de tecnologia é ideal para qualquer perfil de usuário: do mais leigo até os conhecidos como hardcore; do doméstico até o executivo. Já imaginou chegar em casa e assistir à sua biblioteca de filmes que você transferiu dos seus DVDs para o computador sem precisar tocar em mouse algum? E que bastasse ter o seu computador ligado para que o Playstation 3, aparelho de DVD ou qualquer outro reprodutor de vídeo ligado à sua televisão encontre o vídeo? E se a sua televisão fosse capaz de fazer isso?

O preço da tecnologia


Os novos modelos da Sony como o modelo Bravia KDL-46BXBR9, permitem este tipo de integração sem precisar de um dispositivo para fazer a intermediação entre os arquivos e o display – ou seja, dispense a sua televisão. Contudo, aparelhos com esta tecnologia ainda são um tanto inacessíveis pelo lado financeiro. Se alguém resolvesse adquirir agora mesmo ao menos dois aparelhos compatíveis com a DLNA, como esta televisão da Sony e o Playstation 3, desembolsaria algo em torno de R$ 9.799 reais, sem contar o roteador wireless de longo alcance.

A Bravia já tem integração com o DLNAMas para os empresários, por exemplo, o uso da DLNA nos escritórios pode ser de uma enorme serventia. Aquelas reuniões que precisam das apresentações em PowerPoint, não precisam mais depender de arquivos em CDs, pendrives e outras formas de transporte de mídia. Se o arquivo estiver no servidor da empresa, basta que a pessoa acesse o computador em que está aquela apresentação e executá-la na própria televisão ou projetor encarregado de exibir estes slides. Tudo isso graças à DLNA.

Apesar de fenomenal, esta tecnologia exige muita pesquisa por parte dos engenheiros que se reuniram pela primeira vez em maio de 2003. Participaram desta reunião as 23 empresas pioneiras no ramo de eletrônicos do mundo. Mesmo assim, isso não significa que este certificado não está aberto a outras empresas que desejem obter o certificado. Para consegui-lo, a empresa candidata será colocada diante de algumas burocracias necessárias para obter a logomarca autenticada do DLNA. Depois de cadastrar-se e enviar o formulário à organização, o candidato deve pagar uma taxa anual para manter sua afiliação.

Conecte o que está na rede wireless!O registro é necessário para que a qualidade dos produtos adquiridos pelo consumidor seja garantida por um conselho constituído pelas principais produtoras de dispositivos eletrônicos do mundo. Portanto, se você está pensando em comprar algum aparelho que suporte a DLNA, já pode preparar-se para ouvir falar no protocolo IPv4 e IPv6 que vão interligar os mais diferentes aparelhos e fazê-los compatíveis através da sua rede sem fio.

Isso significa que os seus aparelhos estarão conectados à internet. Portanto, é bastante recomendável que você possua uma boa conexão com a rede mundial de computadores, já que ela não vai mais ser formada apenas por computadores. Video games, televisores, DVDs players, mp3 players, servidores domésticos e executivos farão parte da internet também!

Os aparelhos estão ficando cada vez mais modernos e é quase impossível não ficar por dentro de tanta tecnologia, mesmo que não sejamos tão ligados por novidades assim. Qual é a sua opinião a respeito dos aparelhos interligados pela DLNA? Será que já estamos prontos para uma vida completamente digital? Conte para a gente no seu comentário!

Fique ligado para mais novidades tecnológicas aqui no Baixaki!

Até a próxima!

Cupons de desconto TecMundo: