Apesar de muitos não estarem animados com o fim dos conectores de ouvido tradicionais no Moto Z e no próximo iPhone, muitas empresas da área apostam que os consumidores vão mudar de ideia sobre o assunto em breve. Entre elas está a Intel que, junto a seus parceiros, quer transformar a tecnologia USB Tipo C na solução mais completa para quem deseja consumir áudio com qualidade.

A ideia da empresa é que, futuramente, os consumidores vão passar a investir em fones de ouvido com conexões USB Tipo C nativas ou que dispensam fios para funcionar graças a tecnologias como o Bluetooth. Para aqueles que desejam manter seus acessórios antigos, adaptadores devem permitir que os dois padrões conversem entre si.

Para que isso seja possível, a Intel está investindo pesado no padrão USB Tipo C 3.0, que promete uma compatibilidade maior com formatos de áudio recentes. Também haverá a introdução de novos conceitos de “Domínio de Energia” para permitir que os fones compatíveis usem menos eletricidade durante sua operação — algo essencial para produtos que devem ficar ligados a smartphones e tablets.

Dispositivos mais finos e com áudio aprimorado

A adoção da tecnologia traz às fabricantes a possibilidade de abandonar circuitos que fazem a transição de sinais analógicos para digitais, o que resulta em equipamentos mais finos. Para os audiófilos, há a promessa de uma maior qualidade sonora e recursos como o cancelamento de ruídos externos e a possibilidade de escolher entre diferentes mixagens.

O novo padrão promete oferecer uma qualidade de áudio maior aos consumidores

A Intel também promete que a atualização vai oferecer uma alternativa para a exibição de vídeos e atividades produtivas, embora ainda não seja boa o suficiente para jogos — todos os recursos funcionam mesmo que você esteja usando um hub para ligar diversos aparelhos. Para completar, o USB Tipo C 3.0 vai incluir novos padrões de autenticação como forma de aumentar a segurança dos aparelhos compatíveis.

Cupons de desconto TecMundo: