Em 2010, o vídeo mais acessado do YouTube foi uma música criada a partir do áudio de uma entrevista. Intitulado “Bed Intruder”, o vídeo criado pelos irmãos Gregory ultrapassou a impressionante marca de 82 milhões de visualizações e utiliza de maneira criativa um recurso chamado Auto-Tune.

A técnica é amplamente utilizada na indústria fonográfica e consiste em afinar o tom de voz, corrigindo um desempenho vocal ou instrumental, de forma a minimizar imprecisões e erros. Mesmo artistas consagrados lançam mão desse recurso, ainda que em menor escala, para que o resultado final das músicas produzidas em estúdio seja o melhor possível.

Com a popularização do acesso a programas e ferramentas que permitem realizar essa função de maneira simples, cresceu também o número de arquivos de áudio e vídeos do gênero disponibilizados na web. O que era apenas um recurso secundário em programas de edição de áudio acabou por se tornar uma divertida forma de entretenimento e que atrai cada vez mais usuários.

Entretanto, qual é a melhor maneira de começar a brincar com a sua própria voz e se transformar em um webhit em potencial? O Tecmundo preparou uma seleção de aplicativos para PC e smartphones que podem facilitar sua vida e elevar sua voz a um patamar que você nunca pensou ser possível.

Pocket show: transforme-se num cantor de bolso

Visual do LaDiDa

Para quem possui um iPhone, iPod Touch ou iPad, transformar o áudio de qualquer diálogo em uma letra musical é uma tarefa fácil de ser executada. Aplicativos como o LaDiDa se encarregam de realizar esse trabalho com apenas alguns poucos toques, fazendo conversas monótonas soarem como música aos seus ouvidos em questão de segundos.

A lógica de funcionamento é simples. Primeiramente, basta você iniciar a gravação de um áudio qualquer. Você pode cantar ou mesmo falar ao microfone do aparelho, não importa. O resultado final poderá ser divertido da mesma forma.

O LaDiDa conta com pelo menos uma dúzia de ritmos pré-configurados. Depois de escolher um deles, basta definir a velocidade de execução do áudio, especificada em batidas por minuto (BPM). É possível ainda regular o nível de volume entre o som de fundo e o áudio de voz.

O resultado final é uma voz mecanizada, mas afinada, passível de ser encaixada em qualquer um dos ritmos musicais disponíveis. O processo de conversão é rápido e, em menos de um minuto, você já pode ter um arquivo final de qualidade em mãos. A sua nova canção pode ser ainda compartilhada via Twitter, Facebook ou email.

A música mais afinada da cidade

Caso você não queira editar nada em seu smartphone, é possível contar com diversas opções em aplicativos disponíveis para PC. Desde os mais completos, repletos de funções e recursos de edição profissional, até os mais simplórios, capazes apenas de editar arquivos em lote, afinar a voz num arquivo de áudio não é, e nem precisa ser, uma tarefa apenas para profissionais.

Para quem está em busca de um programa gratuito, o AnalogX Auto Tune pode ser o primeiro passo para entrar no mundo da edição. Entretanto, sua simplicidade pode acabar se tornando um ponto negativo, em especial para usuários iniciantes.

O software é capaz de converter em lote apenas arquivos no formato WAV. Embora exista uma tela única de configurações finais, não é possível editar partes específicas do arquivo, o que pode ser decepcionante para quem está em busca de resultados mais eficientes.

“Tunando” seu editor de áudio favorito

Por se tratar de um recurso complementar, grande parte dos editores de áudio gratuitos não conta com a função Auto-Tune. Contudo, isso não significa que você não poderá utilizar o seu software preferido para afinar vozes e transformar suas cantorias em verdadeiros sucessos.

O Auto-Tune EVO VST é um plugin que permite identificar qual nota é ouvida no áudio em questão e, com isso, modificar o seu tom para encaixá-la dentro da escala musical escolhida. O complemento é compatível com programas consagrados como Audacity, Adobe Audition ou mesmo o Garage Band.

Como apenas a ferramenta é similar, a execução varia de programa para programa. Por isso, a melhor maneira de entender o funcionamento de um Auto-Tune é testando-o na prática, dentro do aplicativo escolhido. Após equalizar o áudio dentro das notas musicais, o processo de edição é similar ao de qualquer outro arquivo do gênero.

No topo das paradas

Para quem quer ter o controle de cada detalhe sonoro em uma edição de áudio, uma das opções mais completas existentes no mercado é o aplicativo Melodyne. Disponível em versão demonstrativa para download, o software é um dos preferidos entre os músicos e produtores musicais, mas, se você deseja adquiri-lo, prepare-se para colocar a mão no bolso: a licença de uso custa cerca de US$ 700.

Embora seja perfeito para corrigir o tempo e a entonação de gravações, o aplicativo não se limita a apenas essa função. Como um editor de áudio completo, o Melodyne suporta várias faixas, permite produção musical completa e criação de arranjos. Além disso, pode ser integrado com outras ferramentas como o ProTools, Logic, Cubase e Sonar.

A alta resolução de áudio é outro ponto que pesa a favor do aplicativo, que pode ir a até 32 bits e 192 KHz. O software permite ainda reduzir ou aumentar a velocidade em tempo real, sem alterar a frequência, mantendo uma ótima qualidade de som.

Essa é para o DVD

Embora a edição de áudio seja o grande diferencial do que é feito utilizando a técnica de Auto-Tune, foi por meio dos vídeos no YouTube que a técnica se tornou popular. Por isso, é difícil imaginar muitas vezes o áudio editado sem um vídeo de referência.

Para que isso não aconteça, é necessário contar também com algum outro software para edição de vídeo. Nesse caso, tanto programas mais simples quanto softwares profissionais são capazes de apresentar resultados finais satisfatórios.

Para quem procura algo gratuito, vale a pena conferir o Lightworks. O aplicativo apresenta uma interface diferenciada e um grande número de recursos, capazes de proporcionar ótimos trabalhos. Para se ter uma ideia, o filme “O Discurso do Rei”, vencedor do Oscar de Melhor Filme na edição desse ano do prêmio, foi montado com o aplicativo.

Outro software conhecido do grande público é o Windows Live Movie Maker. Embora com recursos limitados, o aplicativo conquistou um grande número de usuários em virtude de sua acessibilidade. Os menus e ferramentas são bastante intuitivos e mesmo usuários sem experiência alguma em edições de vídeo são capazes de criar bons filmes.

Para quem está disposto a investir um pouco mais ou busca aplicativos de qualidade reconhecida no mercado, o Adobe Premiere e o Vegas Pro são as melhores opções. Com interfaces mais complexas, os softwares requerem um pouco mais de dedicação e máquinas com alto desempenho de processamento, mas o resultado final é compensador.

O melhor hit de todos os tempos da última semana