Ao que parece, a ASUS ainda anda guardando algumas cartas na manga quando o assunto são as suas novidades no segmento de notebooks e 2-em-1. Depois de um lançamento discreto na linha ZenBook feito há cerca de um mês, a empresa taiwanesa teve um novo produto revelado ao mundo – embora não da forma como a marca esperava. Um vazamento trouxe à tona a existência do novo ASUS Transformer Book Flip TP201SA, com direito às supostas especificações do brinquedinho.

O aparelho deve chegar em breve para substituir o modelo TP200, lançado em 2015. Assim, o dispositivo continua a fazer parte do filão de laptops “conversíveis” – que dobram a tela até encontrarem as costas do teclado, fazendo as vezes de tablet – e mantém as mesmas características gerais. Isso significa que a tela IPS de 11,6 polegadas com resolução de 1366x768 pixels segue e firme e forte, ajudando a deixar o item com medidas reduzidas. Confira o que há por baixo do capô do novo Book Flip:

Especificações técnicas

  • Tela: IPS de 11,6 polegadas (sensível ao toque)
  • Resolução de tela: HD (1366x768 pixels)
  • Sistema operacional: Windows 10
  • Processador: Pentium N3710 de 1,6 GHz (podendo chegar até 2,56 GHz)
  • Memória RAM: 4 GB
  • Disco rígido: de 500 GB a 1 TB
  • Conectividade: Bluetooth 4.1, WiFi a/b/g/n/ac, porta USB Type-C, porta USB 3.0, porta USB 2.0, saída HDMI, conexão Gigabit
  • Peso: 1.250 g
  • Dimensões: 2,2 cm de espessura

Rumor, sim, mas com fundamento

Design ainda deve ser bem similar ao do modelo anterior

Embora nenhuma dessas informações tenha sido confirmada pela fabricante asiática, as chances são de que os rumores a respeito do Transformer Book Flip TP201SA sejam reais, já que o produto começou a aparecer antes da hora em diversos sites de e-commerce europeus. A expectativa é que a ASUS anuncie oficialmente o notebook híbrido durante a Computex 2016, iniciando as vendas e a distribuição do aparelho ainda em junho deste ano.

Desse modo, vai ser preciso aguardar até a feira de tecnologia realizada em Taipei para termos ideia se o produto vai ser tão atrativo quanto o seu irmão mais velho – que trazia tamanho adequado ao transporte, desempenho razoável e preços convidativos no mercado internacional. Será que um upgrade modesto no hardware será suficiente para alavancar esse 2-em-1 e conquistar os consumidores?

Você tem interesse nesse segmento de notebooks híbridos? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: