A ASUS é uma das fabricantes de placa-mãe mais conceituadas do mundo. Ela já ganhou inúmeras premiações no segmento, principalmente por sua série de produtos intitulada Republic of Gamers, que conta com modelos específicos para jogadores.

Tanto é verdade que a empresa já está na oitava geração de componentes da linha de placas Maximus. Esta família é composta por diferentes modelos que atendem aos consumidores dos mais diversos tipos e focam em várias faixas de preço.

A mais nova adição a esta série é a placa-mãe Maximums VIII Ranger, modelo gamer que traz as mais recentes tecnologias. Compatível com a sexta geração de processadores Intel Core e projetada para operar com várias placas de vídeo, esta versão promete performance de primeira!

Este modelo ainda se destaca pelo novo padrão USB, componentes da mais alta qualidade para reprodução de som, novos controladores para dispositivos de armazenamento, bem como um design muito chamativo. Vamos conferir todos os detalhes do produto.

Especificações

Design familiar e elegante

A linha de produtos Republic of Gamers sempre contou com vários incrementos no visual dos produtos e claro que a mais recente geração de produtos da ASUS não deixou de inovar nesse sentido. A disposição dos elementos é muito parecida com a que vimos na série Maximus VII, mas há uma série de pequenas modificações que fazem esta placa ser única.

A Maximus VIII Ranger tem placa de circuito impresso na cor preta, barramentos PCI-Express e de memórias em tons escuros e alguns componentes prateados. Os dissipadores se destacam com alguns elementos gráficos na cor vermelha, e o ícone da ROG fica estampado em branco.

O chip de áudio SupremeFX também fica bem visível, próximo aos capacitores Nichicon e ao amplificador Sonic Sense. Os conectores internos foram instalados de forma inteligente, dando espaço para o manuseio de todos os componentes. A ASUS ainda envia junto com a placa um adaptador para os cabos do painel frontal do gabinete, o que facilita muito a vida.

Chipset Intel Z170 Express

O mais recente componente da Intel é um dos destaques da nova Maxiums Ranger. Ele vem com tecnologias como Intel Turbo Boost 2.0, Intel Rapid Storage e Intel Smart Response, o que garante algumas das melhores novidades para quem busca alto desempenho.

Desenvolvido com processo de litografia de 22 nm, este modelo oferece suporte para até seis portas USB 3.0, seis dispositivos SATA 3.0, componente PCI Express e, claro, overclocking facilitado.

Compatível com os processadores mais top da Intel

Focando na versatilidade, a ASUS projetou sua placa para trabalhar tanto com a sexta linha de processadores Intel Core quanto com chips das mais recentes séries Pentium e Celeron. Os principais produtos compatíveis são os seguintes: Core i7-6700K, Core i7-6700, Core i7-6700T, Core i5-6600K, Core i5-6600, Core i5-6600T, Core i5-6500, Core i5-6500T, Core i5-6400, Core i5-6400T, Core i3-6320, Core i3-6300, Core i3-6300T, Core i3-6100 e Core i3-6100T.

A nova série de produtos Intel é fabricada com processo de litografia de 14nm, tem TDP máximo de 91 watts (para os modelos com o sufixo K), traz até 8 MB de memória cache L3 e pode rodar com frequências de até 4 GHz. Tais componentes são preparados para overclocking, o que é facilitado pelas tecnologias da ASUS Maxiums VIII Ranger.

Esta placa-mãe vem com a Turbo Processor Unit (TPU), uma unidade que oferece controle de tensão preciso e monitorização avançada para a CPU. Combinado com o chip dedicado de base-clock (BCLK), este sistema melhora o controle de overclocking do base-clock, garantindo mais estabilidade e resultados eficientes ao jogador.

Memórias DDR4 de alta velocidade

A memória RAM é um dos componentes mais importantes em uma máquina para jogos e, como esta placa-mãe já traz o mais recente chipset da Intel, já era de se esperar que ela teria suporte ao mais novo padrão de memória: o DDR4.

A Maxiums VIII Ranger tem quatro slots para memórias do tipo DDR4, sendo capaz de trabalhar com até 64 GB, ou seja, em uma instalação de quatro módulos de 16 GB. Graças ao chipset Intel Z170, os componentes são programados para operar em modo dual-channel, configuração que entrega ainda mais desempenho ao jogador.

A recomendação das fabricantes de hardware, inclusive, é instalar as memórias em pares para obter ainda mais performance. Falando nisso, um dos grandes diferenciais do produto está na possibilidade de utilizar componentes que já vêm com overclock de fábrica.

Visando levar a melhor experiência até o jogador que pretende extrair o máximo de sua máquina gamer, a ASUS incluiu o suporte para componentes de altíssimo desempenho. Esta placa-mãe aceita memórias DDR4 com clock de até 3.400 MHz. Contudo, também é possível usar opções de com frequências menores, a partir dos 2.133 MHz.

SLI e CrossFire para até três placas de vídeo

Muitos entusiastas não se contentam com uma configuração dotada de uma única placa de vídeo, motivo pelo qual a ASUS investe em soluções de múltiplos componentes. Em questão de performance gráfica, a fabricante preparou esta placa para rodar até três placas de vídeo em conjunto.

A Maxiums VIII Ranger conta com três slots PCI-Express x16 para instalar modelos da NVIDIA em SLI ou AMD em modo CrossFire. É válido salientar que, de acordo com a fabricante, as placas GeForce podem trabalhar em configuração Quad-GPU, em sistemas que combinam duas placas de dois chips gráficos.

Pensando em placas de vídeo mais largas, a ASUS preparou sua nova placa-mãe para dar suporte a componentes robustos. Obviamente, a combinação de modelos muito exagerados talvez seja complicada, mas acreditamos que quase todas as placas devem caber tranquilamente.

Para os gamers que apostam na tecnologia da NVIDIA, a ASUS já envia uma ponte para SLI de duas placas, mas soluções para configuração tripla ficam por conta do consumidor. As placas mais modernas da AMD não precisam desse tipo de recurso, portanto a fabricante não inclui tal acessório na embalagem.

Sistema de áudio para gamers

Com o processador de áudio SupremeFX, a ASUS Maximus VIII Ranger entrega ao jogador tecnologias de ponta para garantir o melhor esquema sonoro durante os jogos. Com 10 canais DAC (conversores de digital para analógico) do tipo ES 9023P, este chip oferece reprodução simultânea de 7.1 canais e múltiplas transmissões de sons em estéreo para o painel frontal.

Obviamente, esta placa só entrega tamanha qualidade sonora graças aos componentes que controlam os clocks com precisão e evitam possíveis flutuações de temperatura. O amplificador RC4580 faz boa parte do trabalho, oferecendo tensão e corrente na medida para dar a tonalidade correta e a melhor forma de propagação ao som.

Assim como outros modelos concorrentes, esta placa da ASUS também conta com capacitores NICHICON, os quais entregam áudio de altíssima qualidade. Destacamos ainda o sistema DE-POP relay, que elimina estalos que acontecem quando o sistema é ligado e desligado, bem como quando novos componentes são conectados.

Vale evidenciar que parte da qualidade sonora notável durante o uso no cotidiano se deve aos conectores de áudio no painel traseiro, que são banhados a ouro e visam evitar possíveis problemas de interferência. Eles garantem a melhor transmissão de áudio possível até seu headphone ou sistema acústico.

KeyBot II e BIOS UEFI

A Maximus VIII Ranger oferece uma porta de conexão USB dedicada para teclado. Ao conectá-lo, é possível ativar o chip KeyBot II, capaz de atribuir macros às teclas de função F1-F10. O teclado não precisa ser especial, ou seja, basta plugar e abrir o app para ajustar as macros.

Muitas das configurações das placas ASUS são realizadas diretamente na BIOS. A linha ROG conta com uma BIOS UEFI bastante moderna, sendo possível utilizá-la com interface dividida em duas categorias principais: EZ Mode e Advanced Mode.

A primeira é mais amigável para quem não está acostumado com configurações avançadas do sistema. As opções são intuitivas e bem ilustradas, o que facilita mesmo a configuração dos itens. O modo avançado é mais completo, com opções de ajustes precisos de clock e tensão dos componentes.

Controlador USB 3.1 e USB Type-C

As novas placas-mãe das mais variadas marcas já estão trazendo o novo padrão USB para o consumidor e claro que uma versão top de linha como Maximus VIII Ranger não estaria completa sem os padrões mais recentes da indústria, por isso a fabricante incluiu o controlador USB 3.1 da ASMedia.

Esta placa-mãe conta com uma porta USB 3.1 Type-A (que é idêntica às antigas em tamanho e funcionalidade) no painel traseiro, a qual é diferenciada pela cor vermelha, e outra USB 3.1 Type-C para os produtos que já são compatíveis com este tipo de conexão reversível.

Testes de desempenho

Nós realizamos alguns testes com a Maximus VIII Ranger. O objetivo é ver como ela se comporta durante a realização de atividades específicas, como aplicações gráficas, benchmarks, transferência de dados, entre outros.

Máquina utilizada nos testes

  • Sistema: Windows 10
  • CPU: Intel Core i7-6700K @ 4,00 GHz
  • Memória: 16 GB RAM Corsair DDR4 2.133 MHz
  • Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 980
  • SSD: Corsair Neutron XT 240 GB
  • Fonte: Corsair RM1000

PassMark

O PassMark Performance Test executa testes em todos os componentes do computador, medindo as capacidades da memória, do disco rígido, do processador, da placa de vídeo e, claro, da comunicação entre todos esses componentes com a placa-mãe. O resultado geral é uma média da pontuação de todos os itens do computador.

PCMark

O PCMark é focado em testes mistos, que simulam desde o uso mais tradicional de um computador, como navegação na internet, até a reprodução de filmes e outras tarefas. Nós utilizamos a verificação Creative Conventional para averiguar a performance da máquina.

AIDA64

O AIDA64 é um software muito conhecido na área dos benchmarks. Ele executa uma série de testes, mas nós optamos por conferir apenas os resultados da memória cache do processador, já que ele consegue realizar medições precisas.

MaxxMEM

O MaxxMEM é um aplicativo de testes que mede a velocidade da memória em situações diferentes: cópia, leitura e escrita. Esse benchmark é importante para medir a taxa de transferência da RAM e conferir como o controlador de memória se sai no dia a dia.

CrystalDiskMark

O CrystalDiskMark é perfeito para conferir o trabalho de comunicação realizado entre um dispositivo de armazenamento, a placa-mãe e os demais componentes. O programa faz testes de leitura e escrita, o que ajuda a ter uma ideia da capacidade da placa-mãe em trabalhar com HDs e SSDs.

Cinebench

O Cinebench é um teste de benchmark que verifica as capacidades do computador na renderização de gráficos tridimensionais (usando a tecnologia OpenGL), bem como o poder de processamento do chip principal da máquina.

3DMark

O 3DMark é um dos benchmarks mais conhecidos na parte gráfica e tenta medir a capacidade da máquina para o trabalho com jogos bem recentes. São testes com diferentes tecnologias que indicam como o computador pode se sair em várias situações, incluindo casos de extremo estresse como a demonstração FireStrike.

RealBench

Este benchmark da ASUS efetua uma série de testes práticos, simulando como a máquina se comporta no dia a dia. O RealBench analisa o poder do computador na hora da edição de imagens, codificação de vídeos, trabalho com OpenCL e execução de múltiplas tarefas. O resultado geral indica a capacidade da máquina em pontos.

Vale a pena?

A ASUS Maximus VIII Ranger é uma excelente placa-mãe que já adota o novo chipset da Intel e oferece o que há de mais recente em tecnologia para o jogador. Com várias novidades que visam incrementar a experiência durante os games, esta placa se saiu muito bem em nossa análise, motivo pelo qual a recomendamos sem sombra de dúvidas!

Ela traz componentes sólidos e preparados para situações de extremo consumo e desempenho, assim como mantém as facilidades que já vimos em outros produtos da série Republic of Gamers.

Vale notar que ela conta com muitos recursos para melhorar a performance em jogos, incluindo o suporte para memórias com overclock de fábrica, dispositivos de armazenamento mais rápidos, áudio de altíssima qualidade, os novos conectores USB e suporte para múltiplas placas de vídeo da NVIDIA ou AMD.

Em nossas pesquisas, encontramos a ASUS Maximus VIII Ranger com valores próximos a R$ 1,6 mil. O preço mais acessível foi R$ 1.554 na loja Terabyte (para pagamento com boleto), mas ela pode chegar a quase R$ 1,9 mil na Kabum! (para quem pagar com cartão de crédito).

O problema é encontrar um processador compatível, já que as lojas que pesquisamos ainda não têm a nova família de chips da Intel. Também não adianta esperar que você vá montar uma máquina barata, pois o Intel Core i7-6700K, que usamos na análise, custa US$ 360, o que dá para arriscar que chegaria aqui por volta dos R$ 2 mil. No total, é conjunto bem caro.

Apesar de ter o preço um pouco elevado, por se tratar de uma novidade, e ainda pensando que o dólar está em alta, podemos dizer que esta placa da ASUS é um dos melhores produtos para quem está pensando em montar uma máquina de alto desempenho sem deixar a questão do custo-benefício de lado. Ficamos satisfeitos com os resultados nos benchmarks e recomendamos a placa!

Cupons de desconto TecMundo: