Com os smartphones e diversos outros gadgets em alta, podemos dizer que tais produtos se tornaram verdadeiros objetos de desejo. Mas, em algum momento da sua vida, você já parou para pensar o quão prejudicial é a produção de componentes tecnológicos para o meio ambiente?

Foi exatamente com esse tipo de pensamento que Kate Davies e Liam Young resolveram criar vasos feitos de diversos lixos tecnológicos que são descartados na natureza. Fundadora do Unknown Fields Division, a dupla viaja pelo mundo à procura de lugares obscuros para conduzir uma pesquisa e documentação dos ambientes mais afetados pela intervenção humana.

Para encontrar a matéria-prima para criar as obras, os pesquisadores visitaram uma das refinarias de metais mais ativas da Mongólia, onde puderam encontrar uma verdadeira lagoa tóxica, repleta de lodo com elementos químicos e metais altamente tóxicos e radioativos. O vídeo a seguir mostra Young com o corpo completamente protegido para coletar a argila contaminada e um pouco sobre o processo de produção dos vasos.

Desejo indesejado

É tão assustadora a quantidade de dejetos industriais que é gerada ao longo do processo de produção dos materiais utilizados em aparelhos eletrônicos que fica difícil não se preocupar com um futuro não tão distante de nosso planeta. Young reforça essa ideia com as seguintes palavras: "Se nós escolhemos viver com a tecnologia, então teremos que nos preparar para lidar com as suas consequências".

As peças estarão expostas no museu londrino Victoria & Albert na mostra What Is Luxury? (O Que é Luxo?), que ocorrerá entre os dias 25 de abril e 27 de setembro.

Cupons de desconto TecMundo: