Com um misto de demonstração tecnológica, capacidade artística e sincronia perfeita, o trio japonês Perfume arrancou aplausos inflamados durante uma de suas últimas apresentações. A apresentação se deu durante o SXSW (South by Southwest), festival tradicional de música, filme e artes interativas de Austin, Texas (EUA).

Embora o espetáculo ao vivo certamente tenha tirado o fôlego dos presentes — com lasers e imagens das artistas projetadas por todo lado ao ritmo pulsante de sons eletrônicos —, é provável que o vídeo apresentado por meio de streaming ao vivo seja um tanto mais impressionante.

Além do espetáculo contínuo de formas, luzes e sons, é difícil não se surpreender quando a câmera passa a saltar e girar virtualmente por todo o palco e através da casa — tornando praticamente impossível não imaginar uma realização daquele sonho infantil de entrar em um universo cibernético por meio de um fliperama oitentista (Tron, alguém?). Isso ou qualquer outra analogia que o vídeo acima possa provocar.

Laser e captura de movimentos

Naturalmente, por trás de toda a magia que ocupa o palco do Perfume, há uma boa dose de know-how e de infraestrutura high tech. Orquestrando a coisa toda, encontra-se a companhia japonesa de efeitos digitais Rhizomatiks e seu know-how considerável baseado em shows de laser e em captura de movimentos — elementos centrais da criação, conforme contou um dos criadores, Daito Manabe, em entrevista ao site The Verge.

Para a apresentação ao vivo (presencial), entretanto, foram utilizados três telas translúcidas, cujas armações são movimentadas pelas artistas sobre o palco. Sobre elas, há em tempo real um bombardeio de projeções baseadas em tecnologias de mocap (captura de movimentos) — algo que Manabe já havia feito anteriormente, chegando mesmo a utilizar os trajes das cantoras para mapear as imagens.

Nada de pós-produção

Bem, mas o efeito todo do live streaming foi criado calmamente após o espetáculo, certo? Não mesmo. Conforme Manabe frisou ao The Verge, embora os modelos da casa de shows e das artistas tenham sido preparados de antemão, o resultado mostrado no vídeo não passou por nenhuma etapa de pós-produção.

Não obstante, o desenvolvedor ressalta que o desempenho do trio sobre o tablado foi essencial para que os efeitos fossem obtidos. “Sem a direção visual e de palco de Mikiko, isso seria apenas mais uma demonstração tecnológica”, disse ele ao referido site.

Cupons de desconto TecMundo: