Você já viu uma grande quantidade de notícias mostrando que há muitos metais preciosos no interior dos seus smartphones, tablets, televisores, computadores e outros equipamentos eletrônicos. É claro que isso não é o suficiente para fazer um anel de noivado, mas em larga escala é possível conseguir uma grande quantidade de cada um dos minerais existentes nos aparelhos.

Para provar isso, Revital Cohen e Tuur Van Balen — dois artistas de Londres — criaram uma peça chamada “H / AlCuTaAu”, juntando elementos encontrados no interior de uma série de equipamentos — computadores, placas-mãe, fontes, coolers, transmissores de rádio, smartphones, furadeiras, teclados e monitores. Na instalação artística, eles deixaram não apenas os metais preciosos em exposição, mas também os aparelhos de onde foram tiradas as pedras.

Toda a extração foi feita por meio de um processo que eles mesmos chamam de “engenharia reversa”. Depois de tudo isso foi realizada a montagem da peça principal de toda a obra. Trata-se de um construto que utiliza ouro, cobre, tântalo, alumínio e pedra de amolar. E é por causa dos elementos químicos utilizados que a instalação se chama  “H AlCuTaAu”. O que você achou do projeto dos artistas londrinos? 

Cupons de desconto TecMundo: