Quando o assunto é armazenamento interno, as pessoas geralmente pensam em HDs e SSDs. Afinal, esses são os formatos tradicionais usados para guardarmos todos os nossos filmes, seriados, jogos e muitos outros arquivos nos dispositivos. Mas você sabia que ainda há empresas que investem pesado na tecnologia de armazenamento de dados em fitas magnéticas (também conhecidas como “fitas cassetes” por causa do formato)?

Uma prova de que essa investida tem dado certo e ainda tem futuro é o recorde quebrado pela IBM e Fujifilm recentemente: as empresas foram capazes de criar uma fita que consegue armazenar até 220 TB de dados. E isso em um dispositivo que cabe na palma da mão. A tecnologia é muito superior ao padrão de fitas usado atualmente – o LTO-6 (Linear Tape-Open) –, que consegue armazenar apenas 2,5 TB em um espaço de 10x10 cm e 2 cm de espessura.

As fitas magnéticas são usadas até hoje para armazenar dados.

Por que ainda usam fitas magnéticas?

Apesar de estranho, a utilização de fitas magnéticas é totalmente justificável em algumas situações. Esse método de armazenamento é indiscutivelmente o formato mais barato por bit para guardar dados. Embora seja bem lento, isso faz com que o método seja ideal para conservar arquivos por longos períodos de tempo e que não são usados com muita frequência.

Entretanto, a maior vantagem das fitas magnéticas acaba de ser comprovada pela tecnologia criada pela IBM e Fujifilm: a densidade. Segundo Mark Lantz, gerente do Advanced Tape Technologies Group da IBM, a capacidade de armazenamento desses produtos dobra a cada dois anos, situação que deve se manter na próxima década. Basta lembramos que há quase um ano a Sony batia o recorde de capacidade em fitas com 185 TB.

Fita magnética com a qual a Sony havia batido o recorde de armazenamento.

É o futuro?

Se você já estava com saudades de poder rebobinar a sua fita com a ponta de traz da caneta, sentimos dizer que isso dificilmente vai acontecer. Como dissemos, esse método de armazenamento é bem mais lento do que o HD e SSD, motivo pelo qual as fitas magnéticas provavelmente não voltarão a reinar como formato para guardamos filmes, seriados e jogos.

Porém, é interessante ver como a tecnologia consegue manter “vivo” algo que muitos já consideravam estar muito bem “enterrado”. Saudades das suas fitas cassete?

Saudades das suas fitas cassete?

Cupons de desconto TecMundo: