Há alguns anos a Intel já vem trabalhando com a nova tecnologia Optane, mas a empresa revelou apenas hoje o primeiro produto feito diretamente para o consumidor final usando essa plataforma: trata-se do que eles têm considerado ser o futuro do armazenamento de dados em computadores pessoas, memórias Intel Optane Memory de 16 e 32 GB que, ao serem pareadas com SSDs ou HDDs maiores, aumentam o desempenho final do sistema.

Para que essa tecnologia seja utilizada, é necessário possui um computador compatível com esse recurso, ou seja, um dispositivo com CPU Kaby Lake de 7ª geração

Isso acontece, pois, o Intel Optane Memory, juntamente com o disco de armazenamento com o qual está trabalhando, é visto pelo computador como apenas uma unidade e tudo funciona de maneira extremamente mais veloz do que o que conhecemos hoje.

Para que essa tecnologia seja utilizada, é necessário possui um computador compatível com esse recurso, ou seja, um dispositivo com CPU Kaby Lake de 7ª geração e entrada M.2 2280 com duas ou quatro data lanes PCI Express.

Evolução

Essas novidades chegam para o consumidor seguindo a evolução natural dos discos de armazenamento de dados em computadores, que já deixam de ser discos rígidos comuns, mais lentos, para dar lugar aos SSDs, capazes de processar e disponibilizar informações de maneira muito mais veloz. A tendência é que esses recursos fiquem cada vez mais baratos e acessíveis para o consumidor final e o Intel Optane Memory já faz parte desse processo.

Os dispositivos Intel Optane Memory estarão disponíveis para o comércio a partir de 24 de abril e devem custar em torno de US$ 44 para a versão de 16 GB (cerca de R$ 137) e US$ 77 para a versão de 32 GB (em torno de R$ 240).

Cupons de desconto TecMundo: