O usuário do YouTube dono do canal Ziggy Zee tinha uma ideia na cabeça e muito tempo livre: ele construiu uma railgun, ou canhão eletromagnético, e fez uma série de testes com ela. Até aí (quase) tudo bem, já que a Marinha dos EUA faz isso direto. A diferença é que o rapaz fez tudo isso de forma caseira.

Segundo ele, trata-se do canhão do tipo mais poderoso detido por um indivíduo que não faz parte de algum governo. Esse tipo de arma acelera um projétil usando corrente elétrica e eletromagnetismo, sem precisar provocar uma explosão — tudo o que ele precisa é de baterias.

Quando o gatilho é puxado, o gás carbônico acelera inicialmente o projétil para até 80 km/h. Pode parecer pouco se comparado a uma bala de uma arma tradicional, mas os testes feitos pelo rapaz (todos disponíveis no YouTube) comprovam que a arma é letal para o ser humano e faz bastante estrago em algumas estruturas. O total atingido é de 27.000 joules.

Um disparo contra um vaso de cerâmica.

Após receber a descarga elétrica, o projétil de alumínio passa por dois "trilhos" de cobre e até começa a derreter por causa do contato, facilitando o deslize. Ao todo, a arma pesa 113 kg.

Para fazer a invenção funcionar e garantir os pulsos dos disparos, ele escolheu um capacitor de 400 volts e adquiriu 56 unidades dele. O projeto começou em fevereiro de 2013 e US$ 2,6 mil (cerca de R$ 9,8 mil) foram gastos só na confecção. Você pode conferir todos os testes realizados por este link.

Quais outros testes envolvendo armas de fogo você gostaria de ver? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: