Pistola estilo 007 só atira quando segurada pelo dono

1 min de leitura
Imagem de: Pistola estilo 007 só atira quando segurada pelo dono
Avatar do autor

(Fonte da imagem: Divulgação/Armatix)

Em "007: Operação Skyfall", o agente britânico James Bond usa uma versão modificada da pistola Walther PPK que, a partir de um sensor biométrico, permite apenas que o dono original da arma realize disparos, salvando o personagem em mais de um momento do filme. Agora longe das telonas, uma tecnologia similar está ganhando vida pelas mãos da fabricante Armatix.

Trata-se da tecnologia Smart System, que trava e desabilita a pistola se ela não estiver próxima do dono original da arma. Em vez de sensor biométrico, o contato é feito por sinais de rádio de curta distância (RFID) entre o objeto e um relógio de pulso que deve ser usado pelo atirador.

É possível ainda travar ou habilitar a arma a partir de um código PIN digitado no relógio. Como o contato por rádio funciona apenas em uma distância mínima, a pistola perde totalmente o poder de disparo caso o dono da arma tenha o objeto roubado ou até mesmo tirado das próprias mãos.

Ainda em busca de parcerias com fabricantes, a Armatix desenvolveu até agora apenas um modelo compatível com o sistema, a iP1 Pistol, de calibre .22. Uma luz verde sinaliza quanto ela está própria para disparos.

Esse é um dos projetos que concorrem ao Smart Tech Challenges Foundation, um "torneio" que vai premiar com US$ 1 milhão o sistema de segurança mais eficiente para armas de fogo. A instituição foi criada por investidores da área de tecnologia após o tiroteio no colégio Sandy Hook Elementary, em 2012, que resultou na morte de 26 estudantes.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Pistola estilo 007 só atira quando segurada pelo dono