Já pensou no tempo que leva para um projétil .50, aqueles que alimentam aquelas armas monstruosas, parar? Dependendo do cenário, quando disparado, ele pode acabar levando embora algumas vidas inocentes pelo caminho. Para conter isso, o exército norte-americano patenteou um novo "projétil de alcance limitado" que se explode após um tempo.

Os pesquisadores do exército descobriram que é possível acionar um material pirotécnico depois de um disparo, então, esse material inflama uma reação que transforma o projétil em um "objeto aerodinamicamente instável". O "alcance limitado" é definido pelo tempo que ele "queima" até perder a forma aerodinâmica — como resultado, o projétil vai ao chão.

A patente foi feita pelos pesquisadores Brian Kim, Mark Minisi e Stephen McFarlane no dia 7 de maio de 2013. Contudo, apenas no final de 2015 que foi aprovada. Ainda não é sabido se a "tecnologia" vai efetivamente ajudar a diminuir baixas civis, mas já é um passo pensado na contenção de mortes, não em "como matar melhor e mais rápido".

O que você acha de medidas como esta, que visam salvar inocentes? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: