O comércio eletrônico na palma da mão é algo cada vez mais comum entre os brasileiros: somos uma das nações mais “viciadas” em smartphones e redes sociais. Misturar e-commerce com esse conceito é a grande sacada do Yop, aplicativo que já opera na Argentina, no México e na Colômbia e acaba de chegar ao Brasil.

Basicamente, a ideia é ter, na palma da mão, um marketplace e uma rede social, e o Yop promete cumprir essa tarefa. Recém-chegado ao país, o app já dá sinais de que veio para ficar e comemora mais de 2 milhões de downloads. Ele foi formulado para venda e compra de produtos novos e usados.

Similar a Facebook, Instagram e até mesmo WhatsApp

O funcionamento do Yop é parecido com o de redes sociais tradicionais, como Instagram, Facebook e Pinterest, o que facilita a navegabilidade do usuário. No app, qualquer pessoa ou empresa pode vender e comprar usando apenas o celular. Roupas, produtos de beleza, acessórios, artigos de casa, artigos esportivos, eletrônicos, eletrodomésticos e até mesmo veículos são alguns dos exemplos. O cadastro pode ser feito pelo login do Facebook ou de uma conta Google, e tanto a venda quanto a compra podem ser feitas em apenas 30 segundos.

Para vender um produto no app, basta tirar de uma a quatro fotos do objeto a partir do próprio celular, adicionar uma breve descrição, o preço e pronto. Você também pode compartilhar os produtos nas redes sociais gratuitamente e aumentar suas chances de venda.

Um dos grandes diferenciais do app é ter seu próprio “WhatsApp”, um chat integrado em que os usuários podem bater papo, negociar produtos diretamente com os vendedores e fazer ofertas de compra. A busca dos produtos pode ser feita por geolocalização, e os usuários acompanham as atividades dos amigos por meio de um feed vinculado à conta.

O aplicativo também permite ao comprador curtir seus itens favoritos, comentar sobre eles e seguir os melhores vendedores. Caso você se interesse por um produto e queira comprá-lo, o pagamento é feito pelo sistema integrado do Yop, de forma segura e direta. O sistema exige um cadastro do comprador e do vendedor e, após a confirmação da venda, o vendedor só terá disponível o dinheiro do produto depois que o comprador confirmar o recebimento do item. Ao final da compra, o usuário pode fazer uma avaliação da sua experiência e do produto, deixando um feedback aos vendedores e dando um voto positivo, negativo ou neutro.

O Yop é gratuito e está disponível nas plataformas iOS e Android. Quem tiver produtos legais à mão pode aproveitar a onda da Black Friday para dar uma bela faturada – ou gastada.

O que você achou do Yop, app gratuito que mistura e-commerce com rede social? Conte no Fórum do TecMundo.

Cupons de desconto TecMundo: