O teclado Fleksy resolveu mudar seu modelo de negócios, e após a atualização lançada ontem, passou a ser gratuito. O objetivo de seus criadores agora é monetizar a partir da venda de conteúdos extra que complementem a experiência de uso do teclado, como pacotes de emojis, temas e extensões. E quem já havia comprado o aplicativo receberá US$ 8 para adquirir alguns desses complementos, como forma de compensação.

A companhia que desenvolveu o app resolveu seguir o exemplo dado por outro famoso teclado third-party, o SwiftKey, que também deixou de ser pago e passou a vender conteúdos in-app. O que talvez incentivou a mudança tenha sido o fato de o iOS 8 passar a aceitar teclados externos, algo que não era possível nas versões anteriores do sistema operacional.

O app continuou sendo pago, mesmo depois de ganhar sua versão para os dispositivos móveis da Apple, mas eventualmente reduziu o seu preço de US$ 4 para US$ 0,99 e esse valor também passou a ser praticado na versão para Android do aplicativo. Em dezembro do ano passado tanto o Fleksy quanto o SwiftKey passaram a investir em teclados temáticos inspirados em obras populares, como a animação Frozen e a franquia cinematográfica Jogos Vorazes, por exemplo.

Entre as opções disponíveis para a aplicação, estão a possibilidade de enviar GIFs, além de uma extensão que permite fazer buscas com a ferramenta de pesquisa do Yahoo diretamente do teclado. Uma função que chega junto com a atualização mais recente é a “Highlights”, que pode ser traduzida como “Destaques”. Com ela, o usuário pode usar hashtags para buscar GIFs e stickers relacionados a determinadas palavras, podendo ilustrar e colorir mais suas mensagens.

Cupons de desconto TecMundo: