O Snapchat voltou a ser assunto nessa semana, logo após anunciar que o aplicativo deverá começar a mostrar anúncios em breve. A Symantec informou nesta quarta-feira que o programa se tornou alvo de um golpe de cibercriminosos que invadem perfis de usuários para enviar spam com propaganda de pílulas para emagrecimento.

As contas hackeadas do aplicativo enviam uma mensagem com a foto de uma caixa de Garcinia Cambogia aos contatos, que é seguida por uma mensagem de texto que inclui um link suspeito com ‘groupon.com-claim’ na URL. Esse “-claim” no final do endereço é o que a Symantec classifica como “suspeito”.

No aplicativo não é possível acessar links de pessoas que não estão nos seus contatos, por isso os hackers encontraram uma maneira de invadir diretamente as contas de outros usuários.

O Snapchat, em uma divulgação à rede de televisão BBC, disse que as contas que promoviam essas dietas milagrosas estavam comprometidas. A empresa também informou que as contas hackeadas foram invadidas através da violação de outros portais e alega que a razão pela qual essas credenciais foram comprometidas foi porque certos usuários reutilizaram a mesma senha em diversos sites.

Outra vez

Não é a primeira vez que esse tipo de denúncia cai sobre o Snapchat. Em fevereiro deste ano, diversas contas do aplicativo foram comprometidas e usadas para enviar imagens de bebidas com frutas, promovendo sites chamados FrootSnap e SnapFroot.

As tentativas de golpes não foram tão efetivas, pois as mensagens de spam nesse caso exigiam que os usuários visitassem os sites manualmente, e essa etapa adicional era amplamente rejeitada.

Cupons de desconto TecMundo: