Os setores de inteligência artificial e reconhecimento de voz têm evoluído bastante, mas ainda não estão bons o suficiente para proporcionar uma experiência agradável ao usuário final quando o assunto são as polêmicas assistentes pessoais utilizadas em smartphones. Sejamos francos: que atire a primeira pedra quem nunca teve que repetir uma pergunta/comando até que a Siri, a Cortana ou o Google Now finalmente entendesse exatamente qual é o seu desejo.

Uma pequena startup com base na cidade de Calabasas, na Califórnia, parece estar disposta a mudar essa situação e oferecer um serviço de qualidade capaz de interpretar os pedidos de qualquer pessoa da forma mais exata possível – contudo, digamos que ela esteja fazendo isso de uma forma bastante inusitada. Estamos falando da Ooloo, responsável pelo desenvolvimento de um aplicativo que leva o mesmo nome.

Disponível para as plataformas Android e iOS, o programa funciona como um assistente pessoal comum: você abre sua interface, pressiona um botão para ativar o microfone e fala qual é sua dúvida – vale perguntar sobre quase qualquer assunto. A diferença é que, ao enviar sua mensagem para o Ooloo, ela será enviada para um time de pessoas reais – humanos comuns como eu e você –, que analisará a questão e lhe enviará uma resposta em alguns minutos e até mesmo segundos.

Por mais bizarro que pareça, a ideia parece funcionar muito bem. A equipe responsável por responder as solicitações é composta por cerca de 50 pessoas e trabalha 24 horas por dia, garantindo um atendimento rápido e atencioso aos usuários do aplicativo. Em entrevista ao site norte-americano BGR, executivos da startup afirmaram que, por enquanto, o uso do Ooloo será completamente gratuito, visto que a companhia procura criar uma base estável de usuários para só então pensar em formas justas de monetizar a ferramenta.

Não podemos discordar que a ideia é interessante, mas deve ser enorme a quantidade de perguntas impróprias que a equipe recebe diariamente de usuários “trolls”. Você pode baixar o programa para Android e para iOS, mas lembre-se: ele “funciona” apenas com perguntas feitas em inglês.

Cupons de desconto TecMundo: