Após um ano de rumores e especulações, o Facebook finalmente está fazendo sua jogada na categoria de aplicativos noticiosos, entrando em concorrência com nomes como o Flipboard e o serviço Currents da Google. Com o simples nome Paper, o app para iOS promete um visual em tela cheia e livre de distrações para que você possa ver as notícias vindas de várias fontes no seu feed da rede social e visualizar notícias entre temas curados pela equipe do software.

O programa vem praticamente sem botões e elementos de interface que impossibilitariam uma verdadeira experiência “full-screen”, já que os poucos itens presentes rapidamente desaparecem quando não estão em uso. Para navegar entre as várias atualizações de status, fotos e notícias, será necessário aprender uma série de comandos gestuais, mas o Paper vai lembrá-lo sobre como prosseguir caso ache que você está com dificuldades.

Mais do que ver conteúdos e notícias de fontes diversas direto no app, a ideia é permitir que os usuários também postem suas coisas no Paper (e consequentemente no Facebook). Usando sua própria tela de composição, o novo programa mostra exatamente como sua postagem final vai ficar antes que você a coloque no ar.

(Fonte da imagem: Divulgação/Facebook)

Conteúdo de qualidade

Além de receber as atualizações dos seus contatos e páginas favoritas, você também vai poder ver conteúdos curados pela equipe do Facebook, separados por temas que incluem fotografia, esportes, comida, ciência e design, entre outros. Os responsáveis pelo app garantem que os artigos selecionados virão tanto de sites estabelecidos quanto de “vozes emergentes”, reforçando que publicações confiáveis serão fáceis de notar mesmo em meio às demais.

Segundo a companhia, as informações presentes no Paper são organizadas dentro de cada seção de acordo com um algoritmo e com as decisões da equipe curadora. Dessa forma, o software vai usar uma mistura de programação computacional e conhecimento humano para decidir quais são as melhores histórias sendo publicadas, ver se elas estão sendo compartilhadas ou comentadas e notar se são visualmente atrativas.

Recentemente, o Facebook vinha tentando ampliar sua equipe curadora por meio da contratação de novos editores, que se responsabilizariam por encontrar profissionais talentosos e apaixonados na rede social para compartilhar seus conhecimentos dentro de cada tema presente no app. Essas pessoas não precisariam ser necessariamente celebridades dentro de seus campos, o que abre espaço para que novos nomes ganhem destaque.

(Fonte da imagem: Divulgação/Facebook)

Vida própria

Ainda que por debaixo do capô o Paper continue sendo o Facebook, o gerente do produto Michael Reckhow tem esperanças de que a novidade seja vista pelo público como algo independente. “É uma ferramenta de publicação, uma forma de divulgar ótimo conteúdo e uma maneira de ver esse tipo de coisa”, acrescenta o designer Mike Matas.

O Paper é o primeiro produto criado pelo Creative Labs do Facebook, que tem o objetivo de liderar as inovações na criação de novas formas de conectar as pessoas. O novo aplicativo será lançado no dia 3 de fevereiro para os donos de iPhones que moram nos Estados Unidos (clique aqui para ver o site oficial). Até o momento não há informações sobre quando – ou se – a novidade será disponibilizada para o resto do mundo.

Cupons de desconto TecMundo: