(Fonte da imagem: Reprodução/VaiMoto)

A VaiMoto, primeira plataforma que conecta o serviço de motoboy com os usuários, anunciou nesta semana o início de suas operações na grande São Paulo. Após receber um investimento de R$ 2 milhões, a empresa, que já conta com mais de 2 mil motoboys cadastrados, pretende expandir para todo o Estado nos próximos seis meses.

A companhia surge com foco nas micro, pequenas e médias empresas, além de pessoas físicas. Ao menos por enquanto, só é possível acessar o serviço pelo site oficial. Na página, o contratante descreve o pedido, escolhe o melhor orçamento e finaliza o pedido diretamente com o contratado. Já para o motoboy, o custo é de R$ 1,99 por serviço prestado.

A VaiMoto tem a expectativa de chegar a mais de 40 mil profissionais cadastrados nos próximos seis meses, prevendo um faturamento de R$ 3,5 milhões em seu primeiro ano de atividade. A empresa optou por iniciar seu trabalho em São Paulo e, posteriormente, expandir para o Rio de Janeiro, locais onde há alta demanda por esse tipo de serviço.

“A VaiMoto nasce como uma startup de tecnologia, mas para atingir seus objetivos no médio prazo deverá se consolidar como uma empresa de mobilidade urbana. A empresa irá trabalhar para impactar a logística das pessoas nos grandes centros urbanos”, afirma Daniel Muniz Silva, fundador da VaiMoto, que pertence ao grupo de startups DCAN+M.

Cupons de desconto TecMundo: