O Spotify é o serviço de streaming de música mais utilizado no mundo, e isso é inegável. Por aqui, a versão premium sai por um plano de R$ 16,90 mensais — e é nesse ponto que a concorrência quer atacar. O Superplayer está anunciando dois novos planos, o Premium e o Super Premium, que saem por R$ 8,90 e R$ 16,90, respectivamente.

Esse modelo mais barato do Superplayer tem como destaque a capacidade de ouvir músicas sem consumir dados de internet móvel. Ou seja, você pode ouvir suas playlists totalmente offline. Enquanto isso, no plano mais caro, o usuário também recebe essas funções e a seleção de músicas sob demanda.

O Superplayer foi desenvolvido por uma startup brasileira e busca competir com gigantes consolidados

“Sempre estudamos as tendências internacionais, pesquisamos as features mais desejadas pelos usuários e avaliamos o quanto estão dispostos a investir nelas. Nesse caso do modelo de assinatura pioneiro offline, somos o segundo player de streaming musical a oferecer a novidade no mundo e, no Brasil, somos os primeiros”, comenta o CEO da startup, Gustavo Goldschmidt.

O Superplayer também possui um bot que permite interação com usuários. Nele, é possível solicitar músicas relacionadas às preferências pessoais, considerando gênero e artista em inglês ou português, o que simula uma interação com um ser humano. O bot funciona em diversas plataformas, como Android, Slack e Facebook Messenger.

“Precisamos lembrar que, todos os dias, 60 bilhões de mensagens são processadas no Facebook, com 700 milhões de usuários mensalmente ativos, e no WhatsApp, com 900 milhões de usuários ativos todos os meses”, conclui Goldschmidt.

Cupons de desconto TecMundo: