Smartify usa reconhecimento visual para ser o “Shazam” das galerias de arte

1 min de leitura
Imagem de: Smartify usa reconhecimento visual para ser o “Shazam” das galerias de arte
Fonte: Smartify
Avatar do autor

Já pensou entrar em uma galeria de arte e descobrir mais informações sobre os quadros em exposição sem a ajuda de um guia? É justamente isso que o app Smartify quer: a partir do reconhecimento de imagens oferecer dados sobre a mostra, nos moldes do “Shazam”, e até mesmo oferecer a peça para venda.

Muitos museus impedem o uso de smartphones — até porque o uso de flash pode deteriorar certos trabalhos — e somente quem estiver cadastrado é que poderá oferecer essa vantagem para os visitantes. Por enquanto, somente quatro instituições estão registradas.

Uma das grandes vantagens do aplicativo é que ele não requer que você obtenha a identificação visual in loco, ou seja, você pode fazer isso com uma fotografia, um panfleto ou até um cartão-postal. Chamado pelos desenvolvedores de “seu curador digital”, o software está disponível para aparelhos com os sistemas operacionais iOS e Android.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Smartify usa reconhecimento visual para ser o “Shazam” das galerias de arte