Ciente de que o público jovem é bastante propenso a abandonar redes sociais que não lhe interessam mais, o Facebook acaba de lançar um novo aplicativo voltado a pessoas com menos de 21 anos de idade. Já disponível para o iOS, o  é uma espécie de diário no qual você pode responder questões biográficas, gravar pequenos vídeos e conferir as publicações feitas por seus contatos.

Todas vez que algum contato publicar alguma novidade, surge em sua tela um aviso para que você possa conferi-la. A novidade foi desenvolvida por Michael Sayman, gerente de produto do Facebook que, aos 19 anos de idade, é considerado um dos membros mais promissores da rede social.

Segundo ele afirmou ao TechCrunch, a intenção do Lifestage é recriar a viralidade do Facebook em seus dias iniciais, quando ele era restrito a estudantes universitários. Pessoas com mais de 21 anos até podem criar um perfil no aplicativo, mas vão impedidos de interagir com outros usuários.

App para estudantes

Sayman espera que a novidade cresça usando como base os estudantes de escolas secundárias interessados em se distanciar de redes sociais povoadas por seus pais e outras pessoas mais velhas. O aplicativo permite identificar a escola em que cada usuário estuda, mas só exibe essa informação a outras pessoas caso 20 pessoas de uma instituição passem a usá-lo.

O Lifestage quer conquistar o público que costuma usar aplicativos como o Snapchat

Embora não haja qualquer mecanismo que impeça que uma pessoa minta sua idade ao se registrar, o Lifestage chega com diversas ferramentas para reportar pessoas que não cumprem os termos de serviço. A novidade também surge como uma espécie de resposta à popularidade do Snapchat, que tem se mostrado bem-sucedido entre o público jovem e usuários mobile — segmento no qual o Facebook vê suas perspectivas futuras de crescimento.

Cupons de desconto TecMundo: