Nova patente de mouse que

Fonte da imagem: divulgação/Patently Apple

A Apple registrou uma série de novas patentes recentemente. A primeira delas diz respeito a um mouse, possivelmente uma futura versão do Magic Mouse. Contando com superfície de vidro especial na parte de baixo e uma tela integrada na parte de cima — possivelmente OLED —, o novo dispositivo deve ser um periférico de entrada e saída de dados.

A ideia principal é que o novo mouse possibilite ao utilizador ter maneiras mais fáceis de interagir com os programas. O conceito parece ter vindo da maneira como o iPhone é controlado e assim, o mouse pode ter uma atuação parecida nos computadores.

Quando em atuação, este mouse poderá exibir imagens (no display localizado na parte superior) enviadas pelos aplicativos. Por exemplo: caso você esteja utilizando a Apple’s Numbers, o mouse pode exibir um teclado numérico, já se você abrir o Apple’s Pages, o dispositivo exibe textos. Tal funcionalidade deve se aplicar a outros softwares.

Mouse exibe o conteúdo na tela touchscreen

Fonte da imagem: divulgação/Patently Apple

Além disso, o novo mouse da Apple deve ser capaz de “visualizar” o conteúdo que está abaixo dele — assim como um scanner. A superfície de baixo é construída por um material diferente (chamada de “vidro colimado”) e contará com partes de fibra ótica, que permitirão a digitalização de dados.

A segunda patente da Apple é um teclado virtual tátil. Este periférico virá para substituir os atuais dispositivos, com a diferença de que não haverá teclas físicas. Semelhante ao novo mouse, este teclado deve contar com uma tela sensível ao toque, a qual exibirá as teclas.

Patente de teclado virtual tátil

Fonte da imagem: divulgação/Patently Apple

No entanto, o diferencial deste teclado está no fato de que o utilizador terá a sensação de estar digitando em um dispositivo comum. A Apple pretende incluir diversos dispositivos que vão vibrar e permitirão que o utilizador sinta quando está pressionando uma tecla.

A nova patente que deve vir para complementar a linha de acessórios para iMac promete um produto inteligente. Além de ter uma resposta imediata, o novo teclado da Apple deve reconhecer as teclas mais utilizadas, para aperfeiçoar a sensibilidade e reação.

A terceira patente apresentada pela Apple tem como objetivo principal utilizar o ambiente e as características biométricas e vitais do usuário para modificar o tipo de visualização no player de música.

Analisando as condições do ambiente

Fonte da imagem: divulgação/Patently Apple

Sendo assim, o gadget (que poderá ser o iPhone, o iPod ou o iPad) vai verificar o nível de humor do utilizador e caso a pessoa esteja alegre, mais cores serão exibidas na tela. Já se o usuário estive com o coração acelerado, o ritmo da visualização pode aumentar de velocidade.

Tal análise também deve servir para o ambiente, ou seja, se você estiver em um local escuro, o visualizador deve mostrar cores mais vibrantes. Nesta patente ainda está proposta a ideia de reação conforme as músicas que estão em reprodução em outros dispositivos. As possibilidades são infinitas, resta saber se esta e as demais patentes realmente serão aplicadas.

Cupons de desconto TecMundo: