Imagem de: Apple vai continuar usando o Touch ID no iPhone 6 e próximos lançamentos

Apple vai continuar usando o Touch ID no iPhone 6 e próximos lançamentos

1 min de leitura
Avatar do autor

Se você acompanha as notícias relacionadas a smartphones, sabe que o iPhone 5S e o Samsung Galaxy S5 contam com sensores de digitais — essa tecnologia é um dos chamarizes desses aparelhos. E, ao que tudo indica, a Apple vai continuar investindo nesse recurso um tanto quanto polêmico de segurança.

O site Cec2b, que trabalha com notícias voltadas para componentes de aparelhos eletrônicos, divulgou que a empresa TSMC já produziu a primeira leva de sensores Touch ID, visando a montagem do iPhone 6, iPad Air 2 e iPad mini 3. Essa empresa é uma das fornecedoras da Maçã e a responsável pela fabricação do componente voltado para leitura de digitais.

Acumulando responsabilidades...

Além de tudo isso, rumores também indicam que a TSMC deve voltar a trabalhar com os Touch ID no segundo trimestre deste ano. Contudo, a empresa começaria a utilizar um processo de fabricação de 12 polegadas — substituindo o atual de 8 polegadas. No entanto, esses detalhes não foram confirmados e permanecem no campo dos boatos.

Ao contrário do que muita gente pode imaginar, a fornecedora da Apple não vai restringir os seus esforços somente aos sensores de digitais. Isso é dito pelo simples fato de que ela vai ser uma das empresas responsáveis por entregar os processadores A8 para a Apple, componentes que devem ser utilizados nos lançamentos da Maçã deste ano.

E há mais novidades

As informações sobre fornecedores da Apple não acabam com o Touch ID. O site Extremetech divulgou que a GT Advanced Technologies (ou apenas GTAT) está pronta para comercializar a sua tela de safira, atendendo um grande volume comercial. Por enquanto, essa é a única empresa do ramo fabricando este componente com qualidade e com um preço acessível.

Como a GTAT é parceira da Apple, espera-se que a Maçã lance os seus novos produtos este ano com a tela de safira sendo utilizada de alguma maneira. Além disso, essa situação coloca a empresa do iPhone em uma situação vantajosa em relação aos seus concorrentes, tudo por conta da temporária exclusividade na produção desses displays.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Apple vai continuar usando o Touch ID no iPhone 6 e próximos lançamentos