(Fonte da imagem: Reprodução/BGR)

Bob Borchers é um engenheiro americano que fez parte da equipe original que desenvolveu o primeiro iPhone do mercado, lançado há aproximadamente sete anos. Depois de todo esse tempo, ele declarou publicamente no evento Mobile World Congress algo um tanto surpreendente: que o smartphone não foi um grande telefone – pelo menos não na visão dele.

Certamente, o aparelho foi bastante revolucionário na época de lançamento com suas múltiplas funções, porém pecava em alguns quesitos. “Se você comprou o primeiro iPhone, eu peço desculpas. Ele não foi um grande telefone, foi simplesmente OK”, disse Borchers durante o evento. Borchers parece pensar que a Apple exagerou algumas promessas do iPhone, que teve como grande diferencial poder se conectar à internet em qualquer lugar. Enquanto muitos outros aparelhos também ofereciam conexão à internet, o iPhone foi o primeiro que tornou isso algo comum nos celulares.

Borchers disse que nos primeiros dias de desenvolvimento do iPhone o foco da Apple foi criar propostas que agregassem valor ao celular. Essas propostas eram, em ordem: um celular revolucionário, o melhor iPod de todos os tempos e o acesso à internet. Contudo, segundo Borchers, o aspecto do celular revolucionário ficou muito destacado, quando na verdade o real item diferencial do primeiro iPhone foi o acesso direto à web pelo celular.

É interessante saber das declarações de pessoas que trabalharam em tais aparelhos, especialmente por podermos perceber como as prioridades dos dispositivos oferecidos mudaram em pouco tempo. Com o iPhone 3G, o foco da Apple ficou claro nos aplicativos oferecidos e no acesso rápido à internet, com o desenvolvimento das comunidades de apps tendo um impacto positivo nos consumidores.

Cupons de desconto TecMundo: