Com pouco tempo de uso, alguns modelos de iPhone 6s e iPhone 6s Plus têm apresentado defeitos de oxidação, dando a impressão de que a carcaça do dispositivo está "descascando" sozinha. Ao menos é isso o que afirma uma parcela dos consumidores tanto no Brasil quanto lá fora.

Os relatos coincidem em vários pontos. Muitos dos problemas são descobertos quando o usuário retira o case do aparelho (original da Apple, de couro) para fazer uma limpeza. As manchas crescem com o tempo e ficam cada vez mais visíveis, se espalhando pelas laterais do dispositivo e ao redor dos conectores e aberturas.

Situação frequente

O leitor Diogo Moraes enviou ao TecMundo fotos de seus modelos de iPhone que apresentaram sinais de oxidação, corrosão ou o que quer que isso seja. Segundo ele, trata-se claramente de um defeito de fabricação. Não há muitas pistas, mas o problema pode ser do tipo de alumínio ou da tinta utilizada para pintá-lo, por exemplo – trata-se de um defeito bastante grave.

Ele adquiriu o modelo em uma loja confiável e também notou o desbotamento no alumínio. Depois disso, vendeu o primeiro smartphone e comprou outro na mesma loja — deparando-se novamente com a situação. Segundo ele, isso acontece tanto com o Rose Gold quanto o dourado tradicional. Confira abaixo as imagens:

No fórum brasileiro de suporte da Apple, há relatos parecidos e com fotos, comprovando que o problema de fato se repete. As duas imagens abaixo são do usuário marcosespm.

O que a Apple diz

Os donos dos iPhones que apresentam essas marcas entram em contato com a Apple pedindo a troca do aparelho e costumam receber uma resposta em comum: trata-se de um dano cosmético (sim, é essa a palavra que usam!) na carcaça, ou seja, decorrente do uso contínuo — pode ser por conta de um arranhão, uma queda no chão ou com o arranhar de chaves no bolso, por exemplo. Assim sendo, não há cobertura da garantia.

Porém, algumas pessoas no grupo do Facebook que reúne donos de iPhone com o mesmo problema indicam que pressionar o atendente por telefone e explicar o absurdo do problema pode resultar na troca.

Apple: trata-se de um dano cosmético na carcaça, ou seja, decorrente do uso contínuo

É difícil comprovar realmente, mas os problemas êm surgido de forma contínua e em relativamente larga escala. Não parece ser algo que vá gerar um recall, mas incomoda quem pagou um preço alto por um aparelho que mostra tais marcas com pouco tempo de uso. Com certeza, isso ainda vai dar muita dor de cabeça para a Maçã — e para os consumidores, claro.

Agrecimentos ao leitor Diogo Moraes pelo envio da sugestão.

Cupons de desconto TecMundo: